ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
MunicípiosPaulistana

Operários que constroem ferrovia paralisam obra em Paulistana

[ad#336×280]Cerca de 70 trabalhadores na construção de uma rodovia estadual ligando os municípios de Curral Novo a Paulista no Sul do Piauí decretaram greve geral por tempo indeterminado na manhã de hoje (21). O grupo argumenta que a empresa responsável pela obra, a Terracom está cometendo uma série de irregularidades, dentre elas, atraso no pagamento dos salários e horas extras dos operários.

A greve foi decidida durante uma assembleia geral da categoria realizada  por volta das 6 horas da manhã e convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores na Construção pesada no Piauí (Sintepav). Segundo Regis Freire Gomes, até mesmo água para os trabalhadores levarem para o canteiro da obra, em pleno semiárido do Piauí, que enfrenta uma das secas mais terríveis dos últimos 30 anos, está sendo negado pela empresa.

Além das denúncias já citadas, o sindicalista afirma que a alimentação fornecida pela empresa precisa melhorar, o horário de entrada dos trabalhadores não está correto.  Metade dos trabalhadores do canteiro de obras não tem Equipamento de Proteção Individual (EPI); operários estão sem receber o adicional noturno, as cestas básicas, acordadas na última convenção coletiva não estão sendo distribuídas e vários trabalhadores que estão há mais de 30 dias na obra ainda não tiveram as suas carteiras de trabalho assinadas.

Obra da Transnordestina em Paulistana
Obra da Transnordestina em Paulistana

A construção da estrada, a PI-259 começou no dia sete de agosto começou e é uma as obras de pavimentação asfáltica em TSD (Tratamento Superficial Duplo) que também passará pelas localidades Barro Vermelho, Itaizinho e Serra Vermelha no município de Paulistana.

A obra que está sendo realizada com recursos oriundos do Governo do Estado do Piauí tem um prazo de conclusão estimado em 360 dias. A estrada já está sendo conhecida como a “Rodovia do Ferro” porque vai ligar a região das jazidas deste metal em Curral Novo ao maior centro populacional da região, Paulistana.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade