ad16
Destaques

Piauí amplia número de leitos para tratamento de pacientes com a Covid-19

Serão instalados, nesta semana, mais dez novos leitos de UTI no Hospital Getúlio Vargas, em Teresina.

Diante de taxas recordes de ocupação dos leitos nas UTIs dos hospitais piauienses (84,34%), e de mortes (23), a Secretaria da Saúde de Estado (Sesapi) vem buscando uma série de ações para enfrentar o avanço da doença no estado. Uma das medidas é a ampliação imediata dos leitos de terapia intensiva e clínicos em hospitais de todo o estado.

Serão instalados, nesta semana, mais dez novos leitos de UTI no Hospital Getúlio Vargas, em Teresina, e dez leitos clínicos no Hospital Regional Senador Cândido Ferraz, em São Raimundo.

“Hoje estamos com 132 pessoas aguardando um leito no Piauí. Dessas, 76 esperam por um leito de UTI. É uma situação extremamente preocupante. Para tentar amenizar essa situação, estamos trabalhando para ampliar nossa rede de internação com mais leitos, tanto de UTI como clínicos”, informa o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Com a instalação dos novos leitos, o Hospital Getúlio Vargas passa a contar com 70 UTIs exclusivas para atendimento a pacientes acometidos pela Covid-19. A unidade também dispõe de outros  20 leitos de terapia intensiva para o tratamento de outras patologias.

“Em toda sua história, o HGV nunca contou com tantos leitos instalados, como no momento atual. O local é um centro de referência para o tratamento da Covid-19, como também para outras doenças”, ressalta o secretário da Saúde.

A Sesapi também está trabalhando na implantação de dez leitos de UTI e 20 clínicos no anexo do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba; 50 leitos clínicos no Hospital da Polícia Militar (HPM) e mais 12 leitos clínicos no Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella, ambos na capital.

“Nunca foram criados tantos leitos no Piauí. Hoje temos mais que no outro pico da doença, no ano passado. Mas precisamos da ajuda da população neste momento, que faça cumprir as regras estabelecidas nos decretos”, lembra o gestor.

Para frear o avanço da doença, o Governo do Piauí também está com novas medidas restritivas, que entram em vigor nesta quinta-feira (18). “Mesmo com todas essas ações, a velocidade de transmissão do vírus é muito alta. Precisamos da colaboração das pessoas para que os contágios deixem de acontecer. Se puder, fique em casa!”, alerta Florentino Neto.

.

.

Ascom Sesapi

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade