ad16
DestaquesTodas as Notícias

Piauí é o estado com o maior preço médio do botijão de gás do Nordeste

A Agência Nacional de Petróleo consultou 34 pontos de revenda de gás de cozinha no estado do Piauí e a média do valor é de mais de R$ 122.

O estado do Piauí, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), tem o botijão de gás de 13 quilos com o preço médio mais caro da região Nordeste, custando em média R$ 122,48. Os dados levaram em conta o período de 17 de abril a 23 de abril deste ano, onde foram pesquisados 34 pontos de revenda de gás de cozinha no estado.

Ainda segundo a ANP, o preço mínimo do gás encontrado no Piauí é de R$ 114,00 e o máximo encontrado é de R$ 130,00. A empresária Ytla Andrade, que trabalha com venda de alimentos, usa diariamente um botijão inteiro de gás para produção de doces e salgados.

“Eu estava esperando abaixar o preço do gás, e até agora nada. Tá muito pesado pro nosso bolso, né? Pra gente que trabalha com padaria, confeitaria, tá muito difícil. Eu espero que até próximo mês abaixe. Esperamos isso pra ver se melhora mais as vendas também e não caia no bolso do cliente, pra ele não deixar de comprar” contou ela.

Os trabalhadores do ramo também se sentem prejudicados pelos constantes aumentos nos preços do gás de cozinha, segundo Thiago Pereira, vice presidente do Sindicato dos Revendedores de Gás de Cozinha, a falta de previsibilidade que impede as distribuidoras de gás de se planejar para oferecer o produto mais barato para o consumidor.

“Não tem como prever. Não tem como se planejar em relação a essas variações do preço do gás e assim também como no combustível. O aumento vem com determinação da Petrobras e a gente só tem que acatar, a gente não tem muito o que fazer”, informou.

Com a redução dos valores no preço do quilo do botijão de gás que foram anunciados pela Petrobras, o economista Dorgilan Rodrigues fez os cálculos e explicou de quanto seria o desconto a ser repassado ao consumidor.

“Eles decidiram em uma redução no preço do quilo no botijão de gás de 5,59% [em relação ao] preço anterior e isso vai levar o preço do botijão de gás a uma queda nas refinarias de R$ 3,27. Um dos motivos que a Petrobras informou pra redução do preço do gás foi a estabilidade do dólar, uma redução que nós tivemos nos últimos meses e vai provocar uma queda nos derivados do petróleo, como na gasolina, e também no gás de cozinha”, explicou o economista.

Contudo, não há previsão de que essa redução seja repassada aos consumidores.

Fonte: G1 Piauí

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.