ad16
GeralPolíciaTodas as Notícias

Piauí registrou 113 assassinatos em dois meses

Um total de 113 pessoas foram assassinadas no Piauí no segundo bimestre do ano de 2014 formado pelos meses de março e abril de 2014, dessas 14 eram mulheres. Os números registram um aumento de 10% superior aos primeiros meses quando 101 pessoas foram vítimas de homicídios dolosos.

Cristiano Ribeiro, presidente do Sinpolpi e coordenador da pesquisa - Foto: Reprodução/ Portal AZ
Cristiano Ribeiro, presidente do Sinpolpi e coordenador da pesquisa – Foto: Reprodução/ Portal AZ

A informação é do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira (Sinpolpi), que serve para medir a violência no Estado.

“Há cada mês que passa o Estado bate recordes negativos de assassinatos. Em janeiro o Piauí já tinha registrado 55 homicídios dolosos e em março se superou quando nada menos do que 62 pessoas foram mortas na capital, interior e litoral”, afirma o sindicalista Cristiano Ribeiro, presidente do Sinpolpi e coordenador da pesquisa.

Em abril houve um recuo para 51 crimes dolosos, mas a redução no quarto mês do ano não foi suficiente para provocar uma queda no total geral do bimestre.

Do total de assassinatos nos dois meses, 72 aconteceram na capital e o restante, 40 crimes, aconteceram nos demais municípios. Após a capital, os dois municípios com mais mortes violentas dolosas no bimestre são Parnaíba, com cinco casos e Piracuruca, com um crime a menos.

Mulheres
Outro dado preocupante é o de que nos dois meses, 14 mulheres foram assassinadas no Estado. Apesar de ter registrado mais crimes no geral, o mês de março “fechou” com seis assassinatos de representantes do sexo feminino enquanto em abril oito mulheres foram mortas.

Alguns dos casos estão relacionados a crimes passionais, mas há ainda briga de gangues, reação a assalto e até uma briga em duas empregadas domésticas que aconteceu na zona Leste de Teresina.

Com relação ao instrumento do crime, a maioria foi a arma de fogo. Em abril foram registrados 34 casos de vítimas com armas de fogo contra 33 em março. Em seguida aparecem as armas brancas, geralmente facas e punhais e depois os crimes praticados com outros instrumentos, como pedras, pedaços de pau, espancamentos, dentre outros.

Nos meses de março e abril a zona Sul de Teresina foi a mais violenta com um total de 24 assassinatos. Em seguida aparece a zona Leste com 21 casos, a Norte com 17 e por último a Sudeste que registrou um total de 10 assassinatos.

FONTE: Portal AZ

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade