ad16
GeralPolícia

Polícia antecipou prisão de acusados de matar Nondas para evitar outra morte

Delegado Tales Gomes
Delegado Tales Gomes

O serviço de inteligência da Polícia Civil que trabalhava para elucidar o crime de pistolagem praticada contra Epaminondas Feitosa descobriu um outro plano de pistolagem que culminaria com a morte por encomenda de mais uma pessoas na cidade de Picos.

O delegado Tales Gomes que preside as investigações dos crimes de pistolagem que ocorreram recentemente na cidade de Picos informou durante entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira(06)  à imprensa que a operação foi deflagrada para evitar que a próxima vítima fosse morta nesse final de semana  pela dupla que executou Nondas.

“Trata-se de uma pessoa conhecida e que iria causar uma grande repercussão na cidade, graças a Deus nós conseguimos nos antecipar e evitar que essa pessoa fosse morta por essa dupla que estava preparada para fazer a execução nesse final de semana”, disse o delegado.

A Polícia agiu rápido e evitou que mais uma pessoa pudesse ter sido vítima desse tipo de crime que vem manchando o nome da cidade de Picos e da região engrossando as estatísticas que a eleva a condição de   reduto da pistolagem no Estado do Piauí.

O delegado disse que vai avisar a pessoa que estava marcada para morrer , bem como , concluir as investigações  no sentido de esclarecer quem estar por trás desses crimes e as motivações

Acusados da morte de Epaminondas Feitosa
Acusados da morte de Epaminondas Feitosa
Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade