ad16
DestaquesIsaías CoelhoTodas as Notícias

Polícia Civil conclui inquérito e indicia suspeito de matar pai e filho em Isaias Coelho

Outras quatro pessoas foram indiciadas por ajudarem o suspeito a fugir. O crime aconteceu no dia 23 de outubro, na cidade de Isaías Coelho.

A delegacia de Simplício Mendes concluiu a investigação sobre o duplo homicídio em que foram assassinados Genivaldo da Silva Sousa e Emerson de Sousa Silva, pai e filho, no dia 23 de outubro na cidade de Isaias Coelho, na região de Picos. Um homem, Luciano Carvalho de Alencar, foi indiciado por homicídio qualificado, e quatro pessoas foram acusadas de ajudar Luciano a fugir depois do crime. As informações são do G1 Piauí.

De acordo com a delegada Francineide Fontes, da delegacia de Simplício Mendes, a discussão que culminou nos assassinatos foi iniciada pelo suspeito.

O crime aconteceu em um bar, em Isaias Coelho. Uma das vítimas, Emerson de Sousa, estava jogando sinuca com amigos, e Luciano insistiu para entrar no jogo. Emerson não permitiu, e Luciano passou a ameaçá-lo e em seguida tentou agredir o rapaz. O pai de Emerson, que também estava no local, sacou uma arma para defender o filho.

“O pai, Genivaldo, sacou um revólver, mas o Luciano conseguiu segurar o braço dele, a mão que segurava a arma, e desferiu vários golpes de faca na barriga dele. O Genivaldo não chegou a disparar contra qualquer parte vital do suspeito. Um tiro foi disparado durante a briga atingiu o ombro de Luciano”, contou a delegada Francineide.

Genivaldo Silva Sousa e Emerson Silva Sousa, pai e filho
Genivaldo Silva Sousa e Emerson Silva Sousa, pai e filho

Em seguida, o suspeito teria conseguido pegar a arma de fogo de Genivaldo e, com ela, atirou em Emerson. O rapaz tentou fugir, mas teria sido perseguido pelo suspeito e baleado com mais três tiros.

Depois do crime, o suspeito recebeu ajuda de amigos e parentes para fugir, mas foi contido pela população, e preso pela Polícia Militar horas depois do crime. Quatro pessoas foram indiciadas por ajudar na fuga.

Armas de fogo encontradas na casa de parente do suspeito; o parente foi preso — Foto: Polícia Civil do Piauí
Armas de fogo encontradas na casa de parente do suspeito; o parente foi preso — Foto: Polícia Civil do Piauí

Ainda segundo a delegada, o plano do suspeito era fugir até a casa de parentes na cidade de Wall Ferraz, a cerca de 100 km de Isaías Coelho. Uma equipe da Polícia Militar foi até a residência e encontrou um revólver e uma espingarda. O parente de Luciano foi então preso por porte ilegal de arma de fogo.

Luciano de Alencar continua preso em São Raimundo Nonato. Além desse crime, ele responde a outros dois processos, por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O inquérito foi enviado à Justiça.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.