ad16
DestaquesPolícia

Polícia Civil deve concluir inquérito sobre morte de Emídio Reis até a próxima semana

[ad#336×280]O secretário de Segurança Pública do Piauí, Robert Rios Magalhães, informou nesta segunda-feira que o inquérito policial destinado a elucidar o assassinato do ex-vereador Emídio Reis, de São Julião, deve ser concluído ainda na primeira quinzena de março.

Segundo Robert Rios, não há mais dúvidas de que o homicídio foi encomendado e teve motivação política. No entanto, o secretário ressalta que crimes deste tipo são cada vez menos frequentes no Estado.

“No Piauí é mais comum irmão matar irmão do que pistolagem envolvendo adversários políticos. Os crimes com esta motivação eram mais comuns por aqui na década de 80, mas hoje são raríssimos”, ressalta Robert Rios.

Delegado do Greco Keiko Leal-Foto: Romário Mendes
Delegado do Greco Keiko Leal-Foto: Romário Mendes

O delegado Lucy Keiko, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), é quem comanda as investigações do caso, que ganhou grande repercussão em todo o Estado. A previsão inicial era que os trabalhos da Polícia Civil fossem finalizados até o dia 1º de março. Contudo, foi solicitada à Justiça a prorrogação desse prazo por mais 30 dias.

De acordo com Lucy Keiko, o inquérito está bastante adiantado. Por isso é provável que ele seja concluído até a próxima semana.

Na última sexta-feira, familiares e amigos de Emídio Reis lotaram a Igreja Matriz de São Julião para participar da missa de um mês do seu falecimento.

Vestindo camisetas brancas com a fotografia do ex-vereador, os presentes rezaram e fizeram um apelo para que as autoridades não deixem que os responsáveis pelo homicídio permaneçam impunes.

Emídio Reis da Rocha desapareceu no dia 31 de janeiro, quando viajava de Picos para São Julião. Seu corpo foi encontrado seis dias depois, enterrado numa cova rasa, na zona rural do município de Pio IX.

Missa em homenagem a Emídio Reis em São Julião - Foto: Cleiton James
Missa em homenagem a Emídio Reis em São Julião – Foto: Cleiton James

A necropsia realizada no cadáver do ex-vereador indicou que ele foi alvejado com um tiro na perna e outro na cabeça. Além disso, o exame mostrou que Emídio possivelmente foi enterrado ainda com vida por seus algozes, tendo em vista que foi encontrada terra em suas vias respiratórias.

Eleições

Nas eleições de 2012, Emídio Reis da Rocha (PMDB) concorreu ao cargo de prefeito do município de São Julião, 386 km de Teresina.

Ele obteve 46,9% dos votos válidos e foi derrotado para o petista José Francisco de Sousa, que conquistou 53,1% dos sufrágios. Com informações do O Dia

Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em São Julião, para celebrar a Missa do 30º dia do falecimento do ex-vereador Emídio Reis da Rocha
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em São Julião, para celebrar a Missa do 30º dia do falecimento do ex-vereador Emídio Reis da Rocha

Missa 

Centenas de pessoas lotaram na tarde desta sexta-feira (01) a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, em São Julião, para celebrar a Missa do 30º dia do falecimento do ex-vereador Emídio Reis da Rocha.

A celebração foi presidida pelo Padre Antônio Mendes e marcada por momentos de fortes emoções. Vestidos com camisetas brancas personalizadas em homenagem ao líder político, familiares e amigos prestaram várias homenagens, ressaltando sempre o homem idealista e amigo que foi Emídio Reis. Nas mensagens, palavras de dor, revolta e pedidos de justiça.

Na ocasião ainda foi mostrado um documentário contando a trajetória do ex-vereador, traçando desde a sua vida pessoal, profissional e política.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade