ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Polícia prende dupla suspeita de vários crimes na região da BR-020

A dupla é suspeita de vários crimes na região da BR-020, nas cidades de Alagoinha, Monsenhor Hipólito e noutras localidades.

Após operação que durou mais de 74 (setenta e quatro) horas, finalizada somente por volta das 04h00min de hoje (03/03/2021), uma verdadeira FORÇA-TAREFA, formada por pelo menos quarenta policiais militares do 4º BPM de Picos, da 2ª CPM de Fronteiras, e GPMs de Alagoinha, Monsenhor Hipólito, Francisco Santos e Campo Grande do Piauí, sob o comando do Major Felipe, realizou a prisão de uma dupla suspeita de vários crimes, de roubos, latrocínio e homicídios na região da BR-020, nas cidade de Alagoinha, Monsenhor Hipólito e noutras localidades.

O fato principiou quando o Comandante do GPM de Monsenhor Hipólito foi acionado, por volta das 02h30min da manhã do dia 28/02/2021 (domingo último), sendo-lhe noticiado um latrocínio praticado contra um empresário morador da BR-020, zona rural do município de Monsenhor Hipólito (macrorregião de Picos), onde uma dupla adentrou à residência dele, arrombou a porta do quarto, e um dos suspeitos disparou um tiro fatal na vítima na presença de mulher e filha de três anos de idade.

Foto: PM

Na manhã do mesmo dia, robustecendo a força policial empenhada, foi organizada a Força-Tarefa para atuar nas diligências, que, a partir de uma visita ao local do fato a fim de colher informações preliminares, deu início aos levantamentos de inteligência policial, definiu as áreas de atuação das equipes empregadas, e donde foram encaminhados os policiais para várias localidades com potencial de serem paradeiro e/ou abrigo dos acusados.

Após mais de 48 (quarenta e oito) horas de diligências contínuas, somente por volta das 15h00min de ontem (02/03/2021), com informações da Inteligência do 4º BPM, o Oficial de Operações dirigiu-se até a praça principal do bairro Junco e identificou o principal suspeito do latrocínio praticado, que estava na parte externa de um bar nas imediações citada praça, dando-lhe voz de prisão.

Indagado sobre os fatos relativos ao crime praticado na madrugada no domingo, que vitimou o empresário da região da BR-020, o suspeito confessou autoria e apontou o local onde estava a arma que possuía, supostamente utilizada no latrocínio. Assim, o nacional de iniciais R.E.S, de 26 anos, vulgo “Romin da 020”, bem como os pertences foi conduzido para a Central de Flagrantes de Picos para a autuação.

R.E.S, de 26 anos, vulgo “Romin da 020” Foto: PM

Em seu poder foi apreendido o seguinte material:

  • Um revólver calibre 38, com capacidade para seis tiros e seis munições intactas;
  • 10 munições calibre 38; e
  • Três aparelhos celulares de marcas diversas.

Concomitantemente, as equipes que ainda estavam na região da BR-020 e na região de Fronteiras articulavam as ações que logo mais, por volta das 20h20min, levaram à captura do outro suspeito, o nacional de iniciais J.J.C., de 20 anos, que foi encontrado no bairro Acampamento, zona rural do município de Fronteiras. Na oportunidade, o suspeito confessou a participação no latrocínio em coautoria com R.E.S., num homicídio recente praticado na BR-020 que vitimou o vigilante noturno “Cição” e outros vários crimes graves na região. Confessou ainda que durante a fuga recente, na manhã da segunda-feira (01/03) efetuou o roubo dois celulares e uma motocicleta numa vicinal que liga os municípios de Francisco Santos a Santo Antônio de Lisboa.

J.J.C, de 20 anos Foto: PM

Com J.J.C. foi encontrado o seguinte material envolvido em ação criminosa:

  • Revólver de marca Taurus, cal. 32
  • 04 munições cal. 32 intactas
  • 01 Moto Honda Fan 125, placa: NIP 6019, cor: preta
  • 01 Moto Honda Fan 125, placa: NVS 5386

“Há mais de dois meses nossa Inteligência estava realizando incursões na região a fim de identificar um dos suspeitos, que já possuía um mandado de prisão em aberto por crime de roubo. À medida que nossos policiais militares diligenciavam acumulavam-se evidências de práticas de outros crimes muito mais gravosos. Chegou-se ao ponto de R.E.S. estar sendo suspeito de praticar, desde o começo do ano, ou seja, em pouco sessenta dias, cinco mortes, entre homicídios e latrocínios, levando terror a cidadãos comuns e ao pequeno empresariado daquela região e cidades circunvizinhas. Parabenizo a todos os guerreiros envolvidos direta ou indiretamente que abdicaram do conforto de seus lares e estiveram conosco desde a manhã de domingo em mais uma missão exitosa da PMPI”, arrematou o Major Felipe, Comandante do 4º BPM.

Fonte: PM

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade