ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Polícia prende estudante de Araripina suspeito de aplicar golpe de 8 milhões de milhas de viagem

[ad#336×280]Em coletiva à imprensa, o delegado César Camelo, presidente do Greco, e a delegada repressão asos crimes tecnológicos, divulgaram detalhes da prisão do estudante de medicina Nomangh Arruda de Sousa, 24 anos, preso na região do Planaldo Uruguai, zona leste de Teresina, na manhã desta segunda-feira (2), após cumprimento de mandado de prisão. O jovem é suspeito de participar de uma quadrilha especializada em fraudar o programa de milhagem Multiplus, do qual teriam sido furtados cerca de 8 milhões de milhas.

Nomangh - Divulgação PC
Nomangh – Divulgação PC

Camelo explicou que além do Piauí, o bando estaria dando golpes em Minas Gerais e Pernambuco. Nomangh é natural de Araripina (PE) e está cursando o 6º período de medicina em uma faculdade particular de Teresina. Na casa dele foram apreendidos celulares, computadores e pen drives.

Foto: Wilson Filho/CidadeVerde.com
Foto: Wilson Filho/CidadeVerde.com

A denúncia teria partido da própria empresa Multiplus em fevereiro. As investigações revelaram que o estudante estaria praticando o golpe há mais de dois anos. O delegado acredita que o estudante teria arrecadado cerca de R$ 60 mil por ao ano.

A delegada Christiane Araujo Fonteles Vasconcelos informou que o suspeito estaria comprando pacotes de milhas roubados e emitindo passagem para clientes dele. “Isso envolve pessoas físicas, agências de turismo e gente com quem ele tinha relação pessoal”, acrescenta.

Os peritos do Greco já estão analisando o computador e identificando os clientes beneficiados pelo esquema.

Na sexta-feira (27), a operação prendeu uma pessoa de uma agência de turismo em Minas Gerais. Nesta segunda, a ação foi deflagrada também em Pernambuco.

Nomangh deve ser autuado em flagrante pelo crime de furto mediante fraude.

Recomendações 
A delegada Christiane Vasconcelos recomenda que os clientes procurem acompanhar sempre seus programas de fidelização, não abram links solicitando recadastramento, desconfiem de promoções que chegam por e-mail, já que estas correspondências podem implantar programas maliciosos que roubam dados pessoas das vítimas.

Atualizada às 10h30
Policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), por meio da Divisão de Repressão aos Crimes Tecnológicos, executou na manhã de hoje a Operação Milhas, em conjunto com as Polícias Civis de Minas Gerais e Pernambuco. A ação tem como objetivo desarticular uma quadrilha responsável pelo furto qualificado de 8 milhões de milhas de viagem da empresa Multiplus S. A.

Segundo nota divulgada à imprensa, foi preso, através de mandado de prisão temporária em Teresina, Nomanhg Arruda Sousa, estudante de medicina, que seria um dos envolvidos na prática delituosa, além de ter sido dado cumprimento a mandado de busca e apreensão.

O delegado Carlos Camelo informou que os criminosos conseguiam os dados de clientes e desviavam as milhas. “Eles transferiam as milhas, vendiam passagens e lucravam com o crime”, descreve.

A Polícia Civil irá divulgar o resultado da operação em uma entrevista coletiva às 10h.

Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade