ad16
DestaquesMunicípiosPolíciaTodas as Notícias

Prefeito chega a Teresina e diz “Eu não matei minha mulher, quem matou já está preso”

[ad#336×280]O prefeito de Lagoa do Sítio, José de Arimateia Rabelo, conhecido como José Simão (PT), 50 anos, chegou a Teresina no início da manhã desta quarta(11) trazido preso, suspeito de matar a esposa, Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo, 35 anos. Ele nega a acusação e disse que o acusado já está preso.

“Eu não matei minha mulher, quem matou já está preso”, falou para a imprensa ao chegar na Delegacia Geral.

Segundo o delegado Willame Costa, gerente de policiamento do Interior, que participou das investigações, o prefeito seria o autor do disparo que foi motivado supostamente por ciúmes. Ao ser questionado se o prefeito tinha um caso com a empregada, ele disse que sim.

José Simão, prefeito de Lagoa do Sítio-Foto: Cidade Verde
José Simão, prefeito de Lagoa do Sítio-Foto: Cidade Verde

“Foi ele quem matou e a motivação desse crime ainda seria ciúmes, tinha muito ciúmes da esposa e depois vamos dar mais detalhes”, destacou o delegado.

A empregada seria coautora que teria ajudado na execução e escondendo a arma e seria amante do prefeito. “É verdade que eles teriam um caso”, afirmou.

O delegado afirmou que o Gercineide de Sousa Monteiro Rabelo teria morrido ainda dormindo. “O tiro pegou no ouvido e alojou do lado direito da cabeça, provavelmente ela tenha sido morta ainda dormindo”, acredita Willame Costa.

Cidade Verde

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade