ad16
DestaquesGeralSaúdeTodas as Notícias

Prefeitura e comitê de fiscalização decidem fechar o comércio em Picos para enfrentar a pandemia do Covid-19

A Prefeitura Municipal de Picos se reuniu na manhã desta sexta-feira (20) com outros órgãos, para traçar medidas mais intensas de prevenção e combate ao Coronavírus. Participaram da reunião representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, 3º BEC, gerentes bancários e profissionais de saúde.

Durante a reunião foi decidido que o comércio vai ser fechado, mas farmácias e supermercados vão continuar operando normalmente. A feira-livre de frutas funcionará em horários específicos.

O Procurador Geral do Município, Maycon Luz, fala que as novas medidas foram com base no decreto que o governador do estado baixou na última quinta-feira (19) declarando estado de calamidade pública.

“Nós decidimos estabelecer mais medidas restritivas, entre elas podemos citar o fechamento do comércio total -bares, restaurantes, shoppings, salão de beleza-, e também controlar o fluxo de pessoas que vêm de outros municípios, fazendo esse monitoramento para evitar que pessoas infectadas entrem em Picos”, explica.

Ele ainda fala das imposições administrativas para quem não cumprir essas obrigações.

“As pessoas que descumprirem o decreto poderão estar cometendo crime de desobediência, crime contra a saúde pública e serão responsabilizados, então essas medidas serão adotadas pelo prazo de 15 dias, começando na segunda-feira (23) até o dia 05 de abril”, destaca o Procurador.

A Prefeitura de Picos já publicou dois decretos em decorrência da pandemia do novo Coronavírus.

Confira o Decreto 

“Depois de ser anunciado os primeiros casos no Piauí e devido a vulnerabilidade que nós corremos por conta da localização de Picos, sentimos a necessidade de nos reunir com outros órgãos para fazer uma avaliação e tomar novas decisões”, destaca o Prefeito de Picos, Pe. Walmir Lima.

A reunião aconteceu no Centro Integrado de Especialidades Médicas (CIEM).

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui