ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

PRF prende agentes da SEFAZ/PI por suposto crime de extorsão em Picos

[ad#336×280]A Polícia Rodoviária Federal prendeu três agentes fazendários da Secretária de Fazenda do Piauí e um policial militar na manhã de ontem (24), em Picos. Os presos são suspeitos de terem praticado o crime de extorsão.

A denúncia chegou à PRF através de caminhoneiros. De acordo com as vítimas, os agentes fazendários exigiram o pagamento de R$2.000 para que eles não fossem multados. Pressionados, os motoristas pagaram R$1.500 em espécie e R$ 500,00 por meio de cheque. A extorsão aconteceu na rodovia estadual que liga o município de Sussuapara a Picos.

No momento da prisão, os suspeitos estavam com o dinheiro dado pelos motoristas e o cheque de R$ 500, além R$ 3.600,00, também em espécie, que estava  em poder de um único agente.  A PRF encontrou também um revólver e munições.

Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Regional de Picos.

Veja a nota enviada à Redação do Riachaonet:

Em relação à prisão dos agentes da SEFAZ pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que ocorreu na manhã do último domingo (24), durante operação realizada na região de Picos, quando os mesmos foram acusados por suposta prática de crime de concussão, a Secretaria Estadual da Fazenda (SEFAZ) informa que será instaurado, imediatamente, Processo Administrativo Disciplinar para que todos os fatos sejam devidamente apurados, com a celeridade que o caso requer, e na forma da Lei Complementar nº 13/94, de 03 de janeiro de 1994, que é o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado do Piauí.

Veja imagens:

Valores apreendidos pela PRF
Valores apreendidos pela PRF
De acordo com as vítimas, os agentes fazendários exigiram o pagamento de R$2.000 para que eles não fossem multados.
De acordo com as vítimas, os agentes fazendários exigiram o pagamento de R$2.000 para que eles não fossem multados.
No momento da prisão, os suspeitos estavam com o dinheiro dado pelos motoristas e o cheque de R$ 500, além R$ 3.600,00, também em espécie
No momento da prisão, os suspeitos estavam com o dinheiro dado pelos motoristas e o cheque de R$ 500, além R$ 3.600,00, também em espécie

Fonte: NUCOm/PRF

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade