ad16
AutoPECASonline24.pt
EducaçãoMunicípiosTodas as Notícias

PRO Educação pretende alfabetizar mais de 300 mil pessoas no Piauí

Na tarde desta terça-feira (9), o governador Wellington Dias, reuniu-se com a vice-governadora, Regina Sousa; o diretor do centro de gestão pública […]

Na tarde desta terça-feira (9), o governador Wellington Dias, reuniu-se com a vice-governadora, Regina Sousa; o diretor do centro de gestão pública da Fundação Getúlio Vargas, Henrique Paim e secretários estaduais para tratar sobre o Projeto Alfabetizar Piauí. O objetivo é atender os 224 municípios piauienses, contemplado, por meio de bolsa de estudo, pessoas que se enquadrem na Educação para Jovens e Adultos (EJA) e outras iniciativas a fim de melhorar os índices de alfabetização no estado.

“O programa de Educação de Jovens e Adultos, dentro do PRO Educação, é o maior desafio da gestão, porque temos que trabalhar na perspectiva de alfabetizar mais de 300 mil pessoas para que elas possam ter uma profissão e ampliar a escolaridade. Reduzindo o analfabetismo, iremos aumentar a produtividade e influenciamos no desenvolvimento do Piauí”, comentou o governador Wellington Dias.

Foto: Reprodução

Para adiantar os resultados almejados, a equipe do governo fez uma busca ativa dos onze municípios que não tem EJA. Todo o trabalho será assistido pelo secretário de Estado da Fazenda e coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles. “A redução do analfabetismo é um dos eixos principais do PRO Educação e, com os recursos garantidos do precatório do Fundeb, em breve, teremos o edital para o chamamento das entidades que irão participar desse programa de alfabetização”, declarou.

A ideia é que, de maio à primeira quinzena de dezembro de 2021, sejam feitas 300 mil matrículas em todo o estado. As unidades de ensino precisarão estar de acordo com as normas sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS), no que diz respeito à prevenção da Covid e a Secretaria de Estado da Educação ajudará na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os educadores e alunos.

Para Henrique Paim, este é um dos projetos mais estratégico elaborados pelo governador Wellington Dias. “A ideia é que tenhamos que pensar no itinerário informativo dessas pessoas que também esteja relacionado na profissionalização. O projeto está sendo desenhado de forma muito bem detalhada e transparente”, comentou.

Fonte: CCOM

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade