ad16
GeralPolíticaTodas as Notícias

Rafael Fonteles debate políticas públicas voltadas às crianças

A ideia é construir um Pacto pelas Crianças para ser implementado no plano de governo.

O pré-candidato a governador do PT, Rafael Fonteles, participou, nesta quinta-feira (05), de encontro para debater políticas públicas voltadas para as crianças. A reunião aconteceu no Gran Hotel Arrey e contou com a presença de especialistas e representantes de entidades da sociedade civil organizada, com o objetivo de discutir propostas para a primeira infância. A ideia é construir um Pacto pelas Crianças para ser implementado no plano de governo.

O foco principal do debate foi a primeira infância. “Uma primeira infância com cuidados, estímulos e interação pavimenta o caminho para que a criança aproveite todo o seu potencial e se torne um adulto mentalmente saudável e produtivo. Portanto, de forma integrada e transdisciplinar, vamos abordar todos os aspectos que envolvem a primeira infância para atender melhor a saúde da criança, da questão materno-infantil, da alfabetização na idade certa, da assistência social e das crianças com deficiência”, esclareceu Rafael Fonteles.

O pré-candidato a senador Wellington Dias, que também participou do encontro, destacou a necessidade de aplicar conhecimentos de experiências bem sucedidas em outros estados e países. “Aqui foi discutido o programa da primeira infância, considerando a experiência dos setores públicos e privados, do Brasil e do mundo e, a partir daí, avançar nas políticas que já existem para a primeira infância no estado do Piauí, além do aprendizado na idade certa, os cuidados já na gravidez, no primeiro momento de vida e garantir a integralidade do cuidado com as crianças. A presença de pessoas que tenham experiências para compartilhar, seja da saúde, do social, do lazer e esporte, enriquece o debate”, ressaltou. 

Para o secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, que foi convidado a palestrar sobre o tema, o ponto crucial para o sucesso das políticas públicas voltadas às crianças é a integração entre municípios e estado. “São várias políticas conectadas que precisam ser trabalhadas para que a criança já tenha os primeiros meses de vida com saúde e depois iniciar a vida escolar no tempo certo. Para isso, não podemos botar tudo apenas na conta dos municípios, é preciso que o estado trabalhe em parceria com essas cidades, proporcionando políticas públicas integradas que vão beneficiar o acesso das crianças à escola e o seu próprio aprendizado”, afirmou o gestor.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.