JaicósPolíciaTodas as Notícias

Segundo acusado de assaltar Bradesco em Jaicós é preso pela polícia

A Polícia Civil prendeu o segundo acusado de participação no assalto à Galo Papelaria, onde funciona um correspondente bancário do Bradesco, na cidade de Jaicós, crime ocorrido na tarde de uma segunda-feira, dia 23 de outubro de 2017.

O homem foi identificado por Guilherme José de Sousa, vulgo “Galego”, de 25 anos, natural de São Paulo. Segundo informou o delegado Miguel Carneiro, responsável pelo caso, a prisão aconteceu no último dia 12 de fevereiro, na cidade de Picos, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça da Comarca de Jaicós.

Guilherme José de Sousa, vulgo “Galego”, de 25 anos
Guilherme José de Sousa, vulgo “Galego”, de 25 anos

O caso vinha sendo investigado de forma sigilosa pela 13ª Delegacia de Polícia Civil, em Jaicós. “Nós trabalhamos neste caso desde o dia do crime. Autuamos Moroni Jaime de Oliveira, natural de Araripina-PE, que foi preso pela Polícia Militar no mesmo dia do crime, e continuamos a investigação sobre o segundo suspeito, até que chegamos à pessoa de Guilherme José de Sousa. Ele foi capturado e já confessou a sua participação”, disse Dr. Miguel.

O delegado relatou que Moroni conduzia a motocicleta utilizada no roubo. Quando a dupla chegou ao local do assalto, Moroni ficou na rua, sobre a moto, enquanto Guilherme, armado, adentrou ao estabelecimento comercial e praticou o roubo. Na prisão de Moroni, a polícia conseguiu recuperar apenas o aparelho notebook e apreender o veículo utilizado na ação criminosa.

Do CidadesnaNet

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também