ad16
GeralTodas as Notícias

Sesapi explica como é calculado o percentual de vacinados no Piauí

Até o momento, o Estado recebeu do Ministério da Saúde 1.792.430 doses e distribuiu 1.666.292 para os municípios.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) esclarece dúvidas sobre o percentual de vacinação da população piauiense contra a Covid-19. Até o momento, o Estado recebeu do Ministério da Saúde 1.792.430 doses e distribuiu 1.666.292 para os municípios. Deste total, 124.188 doses foram reservadas para a segunda dose das vacinas que têm essa indicação. Cerca de 2.000 doses são reserva de segurança. Pelo menos 29,22% da população já recebeu a primeira dose e 10,29% receberam a segunda dose.

De acordo com o Superintendente de Atenção à Saúde da Sesapi, Herlon Guimarães, o cálculo do percentual de vacinados deveria excluir a população de zero a 17 anos que não recebe a vacina contra a Covid-19. “Mas os cálculos do Consórcio de Imprensa não excluem esse público e são feitos tendo por base a população total do Estado, que é 3.281.480 habitantes”, explica.

Segundo Herlon, se o Piauí tivesse utilizado todo o quantitativo de doses recebido até hoje o percentual de vacinados seria diferente. “Até agora recebemos 1.792.430 de doses. Se todas essas doses tivessem sido aplicadas apenas como primeira dose na população, estaríamos com 54% de piauienses vacinados, no entanto, todas as doses recebidas são para D1 e D2, que são aplicadas em prazos diferentes dependendo do laboratório de cada vacina”, esclarece.

Os grupos prioritários elencados pelo Ministério da Saúde são embasados em dados epidemiológicos mundiais e nacionais. As doses das vacinas são distribuídas por estimativas populacionais definidas através dos uso de vários cadastros nacionais como IBGE, CAD SUS e outros

Segundo o secretário de saúde, Florentino Neto, a Sesapi trabalha com transparência desde o primeiro dia de aplicação de doses de vacina e o Piauí foi um dos primeiros estados a lançar um painel informativo que trás todos os dados de aplicação das doses nos 224 municípios. “O Piauí divulga os dados e monitora, apoia e orienta todos os processos de vacinação seguindo a orientação nacional que contempla públicos prioritários elencados por grupos técnicos junto ao Ministério da Saúde”, afirma.

O Governo do Piauí, através da Sesapi, em parceria com o Conselho de secretários Municipais de Saúde(Consems) e Associação dos Prefeitos Municipais do Piauí(APPM) estão em constante discussão quanto às orientações já emitidas em forma de notas técnicas, resoluções e outros documentos que norteiam o processo de trabalho.

“Neste momento, a Sesapi montou equipes para orientar e ajudar os municípios quanto ao registro das doses nos sistemas oficiais porque eles têm mais de 300 mil doses que ainda não foram aplicadas e/ou registradas. Nosso compromisso é o de apoiarmos nossos municípios para sempre buscarmos a qualidade na oferta dos serviços de saúde pública no Estado do Piaui”, diz o gestor.

Ascom SESAPI

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade