ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
SaúdeTodas as Notícias

Sindicato diz que 17 servidores do Lacen estão com o novo coronavírus

Pelo menos 17 servidores que atuam no Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí, o Lacen, testaram positivo para o novo coronavírus nas últimas semanas. A situação foi denunciada pela direção do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Piauí (Sindespi), que afirma que os profissionais foram afastados de suas funções, mas sem receber nenhum tipo de assistência por parte do poder público.

No Lacen, localizado na zona norte de Teresina, são realizados os testes para a Covid-19, através de amostras colhidas em pacientes na capital e no interior do estado do Piauí.

“Queremos providências! Esses funcionários não estão recebendo assistência médica. Não estão dando assistência aos prestadores de serviços que foram contaminados e foram mandados voltar para casa e ficarem isolados por 15 dias. Esse pessoal não tem nem dinheiro para comprar remédio. O servidor que estiver infectado merece ser tratado com respeito e dignidade”, diz a denúncia do Sindespi.

A categoria também voltou a cobrar o pagamento de um Adicional de Periculosidade de 40% a todos os trabalhadores da saúde. A solicitação foi protocolada junto às secretarias de Saúde e Administração no último mês de março.

Outro lado

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informou os profissionais de saúde que testaram positivo estão recebendo acompanhamento psicológico e receberão a medicação necessária para o tratamento contra a Covid-19. “A Sesapi também está dando todo o suporte psicológico para os servidores contaminados e o Hospital Getúlio Vargas (HGV) vai fazer o atendimento dos profissionais de saúde, realizar exames e disponibilizar a medicação necessária”, diz a nota.

A Secretaria informou ainda que as dependências do Laboratório Central passaram por um processo de sanitização como forma de evitar novas contaminações.

Confira a nota na íntegra

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) informa que os servidores do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PI), que positivaram para Covid-19, foram afastados de suas atividades, como determina as normas da Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde.

Ressalta que todos os servidores do laboratório realizaram testes rápidos e de PCR, mas nem todos positivaram e, portanto, não houve prejuízo algum na realização e divulgação dos exames de Covid-19.

Na manhã deste domingo (3), foi feita a sanitização de ambientes e estruturas do Laboratório Central, como forma de melhorar a segurança dos servidores. A Sesapi também está dando todo o suporte psicológico para os servidores contaminados e o Hospital Getúlio Vargas (HGV) vai fazer o atendimento dos profissionais de saúde, realizar exames e disponibilizar a medicação necessária.

A Sesapi ressalta, ainda, que foram convocados profissionais do processo seletivo simplificado para atuar na unidade, além da alocação de profissionais da Rede Estadual de Saúde. A previsão é que o treinamento inicie nesta segunda-feira, 4.

No momento, o Lacen só está recebendo amostras de Sars-Covid-19, mas a expectativa é que até o final da semana sejam retomadas as atividade normais.

Por: Natanael Souza – O Dia

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui