ad16
DestaquesGeral

Vara do Trabalho de Picos vai divulgar edital de venda de bens do grupo Piauí Têxtil e Indústria Coelho S/A

[ad#336×280]A Vara Federal do Trabalho de Picos divulgará, em breve, o edital de venda do parque fabril do grupo Piauí Têxtil e Indústria Coelho S/A, localizado no município de Picos.  A estimativa do valor a ser arrecadado com a venda dos imóveis da região para quitação de dívidas trabalhistas é de cerca de R$ 28 milhões de reais.

A longa disputa judicial entre a empresa têxtil e cerca de mil ex-funcionários da empresa que foram demitidos sem receberem o que lhes era de direito foi iniciado em 2007, chegou ao fim através de um acordo de cerca de R$ 10 milhões realizado pela Vara Federal do Trabalho de Picos em setembro de 2011.

Sede da Piauí Têxtil em Picos - Foto: José Maria Barros
Sede da Piauí Têxtil em Picos – Foto: José Maria Barros

Para quitar o alto valor das dívidas trabalhistas, a empresa deu como pagamento o parque fabril e os imóveis (com área aproximada de 37 hectares)  que possuía no município, além de um imóvel (com área aproximada de 316 hectares),  situado no município piauiense de Itainópolis, localizado a cerca de 58 Km de Picos.

A posse da estrutura fabril passou a ser administrada pela Vara Federal do Trabalho de Picos em 2012. Desde então, a equipe da Vara empenhou-se para colocar em ordem todos os procedimentos necessários para por em prática a venda dos bens.

Maquinário da Piauí Têxtil
Maquinário da Piauí Têxtil

De acordo com o atual Juiz Titular da Vara Federal do Trabalho de Picos, Ferdinand Gomes dos Santos, todo o empenho da equipe da Justiça do Trabalho está próximo de resultar na finalização efetiva do processo. “Levou-se mais de ano para organizar a execução, tanto no aspecto interno (trato processual interno), como na identificação e solução dos problemas envolvendo a posse, administração e registros cartorários dos imóveis dados em pagamento, avaliados, conforme comissão de Oficiais de Justiça, nomeadas pela Presidência do TRT/PI, no valor de aproximado de R$ 28 milhões”, explicou o magistrado.

O dinheiro arrecadado através da venda dos bens do Grupo Piauí Têxtil e Indústria Coelho S/A resolverá de vez o problema de aproximadamente de mil trabalhadores que esperam receber seus direitos.

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Publicidade