ad16
AutoPECASonline24.pt
GeralPolíticaTodas as Notícias

Zé Filho determina contenção de gastos à equipe

Na primeira reunião geral do governador Zé Filho (PMDB) com seu secretariado, a principal recomendação repassada aos auxiliares foi a contenção de despesas. De acordo com o governador, mesmo o estado estando com suas finanças equilibradas, é preciso ficar vigilante. “O estado está equilibrado, mas sempre em cima do fio da navalha. A gente tem que ter muito cuidado para que a gente não saia do trilho. Tem que estar sempre vigilante e é isso que vamos fazer e continuar alertando os nossos secretários para ter sempre esse cuidado”, afirmou.

O governador fez ontem sua primeira reunião geral com todos os secretários - Foto: Elias Fontenele
O governador fez ontem sua primeira reunião geral com todos os secretários – Foto: Elias Fontenele/Jornal O Dia

Às vésperas do fechamento da folha de pagamento referente ao mês de abril, a Secretaria de Administração ainda analisa as contas para saber se o estado ultrapassou mais uma vez o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LFR), que limita em 46,55% os gastos com pagamento de funcionários.

No ano passado, o Estado gastou 47,75% de sua receita corrente líquida com a folha de pagamento. Isso significa que 1,20 ponto percentual acima do limite prudencial da LRF. “Nós estamos concluindo hoje (ontem) a folha porque começa no dia 27 o pagamento. Só com a conclusão da folha é que eu posso fazer um comparativo com a folha de março e verificar se nós aumentamos ou se nós diminuímos essa dependência ou essa limitação”, disse o secretário de Administração, João Henrique Sousa.

Durante a reunião com o secretariado, Zé Filho também reforçou a necessidade de dar continuidade às ações iniciadas pelo ex-governador Wilson Martins e ressaltou que o foco do seu governo serão as áreas da saúde e segurança. “Há a necessidade da continuação desse trabalho iniciado pelo governador Wilson Martins, com atenção especial principalmente na prestação de serviço que o Estado deve prestar ao povo do Piauí”, finalizou.
Fonte: Jornal O Dia

 

Etiquetas

2 Comentários

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade