ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
CulturaDestaquesTodas as Notícias

Após críticas em redes sociais, secretário fala sobre a participação de artistas locais no Carnaval de Picos

Alguns artistas da terra não vêem essa valorização, como é o caso do cantor Edy Sakana que ainda se sente mais valorizado em outras cidades da região do que na própria terra natal.

O carnaval na cidade de Picos começa nessa sexta feira, 21, com o corso que já é tradição no município e vai contar com as atrações como a Banda de Frevo do Fernando Monteiro e o Grupo GPO, fruto de um projeto social, ambos artistas locais.

Segundo Iata Rodrigues, Secretário da Cultura, a gestão municipal vem buscando talentos da terra para que a cultura local seja valorizada. 

Carnaval e o trabalho

Na visão do secretário é possível ver a valorização ao longo da programação, que durante os 5 dias de festa vai contar com Orquestras de Frevo, que contém em suas equipes integrantes naturais da cidade. É o caso da Orquestra de Frevo de Luis Holanda, que é presidente da associação de músicos de Picos, que irá se apresentar na terça feira, 25, na Beira Rio, como abertura para a noite. Assim como a última atração, Tô na Farra, que também é originária do município. 

Edy Sakana

Porém alguns artistas da terra não vêem toda essa valorização, como é o caso do cantor Edy Sakana que ainda se sente mais valorizado em outras cidades da região do que na própria terra natal. “A gente sai a 200 km de Picos, igual a mim, que estava no Zé Pereira de São Pedro do Piauí, pelo terceiro ano, valorizado financeiramente e com um camarim com tudo que o artista tem direito a ter”, disse Edy. Ele também afirma que acredita que não seja assim só em Picos, segundo o cantor, a desvalorização da cultura de sua terra é uma característica do Piauí, coisa que não acontece em outros estados, como o Maranhão, que super valoriza o reggae local. 

Valorização da classe e da cena cultural

Num momento de tantos revezes e incertezas no mundo político e cultural, a valorização do artista e da cultura como um todo é essencial para que o território cultural e dos artistas seja demarcado. Os artista de Picos merecem toda atenção das autoridades, dessa forma, poderia existir projetos específicos para investimentos na classe artística local durante o ano inteiro.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui