ad16
Aroeira do ItaimDestaquesMunicípiosPolíticaTodas as Notícias

Aroeiras do Itaim: TRE-PI confirma cassação do mandato do prefeito Wesley de Deus

O julgamento de recurso interposto pelas defesas do prefeito e do vice foi realizado nessa terça-feira (03).

Com quatro votos a favor e três contra, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) confirmou a cassação do mandato eletivo do prefeito de Aroeiras do Itaim, Wesley Gonçalves de Deus (PTB) e do vice Edilson Rodrigues Teixeira (PT). O julgamento de recurso interposto pelas defesas do prefeito e do vice foi realizado nessa terça-feira (03).

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o prefeito Wesley Gonçalves de Deus e o vice Edílson Teixeira foi ajuizada pela coligação “Unidos para o bem do povo”, formada pelos partidos do PSB, MDB, PTC, PRTB, PTN e PPS, encabeçada pelo candidato a prefeito Zênio Neves Holanda (PTC).

Wesley e Edílson devem deixar os cargos

Cassação em primeira instância

O juiz da 10ª zona eleitoral, Fabrício Paulo Cysne de Novaes, cassou, no último dia 12 de abril de 2019, o mandato do prefeito Wesley de Deus e do vice-prefeito Edílson Teixeira por captação ilícita de sufrágio, a popular compra de votos, e de abuso de poder.

Após a decisão do magistrado, as defesas do gestor municipal e do vice-prefeito ingressaram com um recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) que acabou confirmando a cassação nesta terça-feira.

Presidente da Câmara Municipal assume o comando do município temporariamente  

Após o TRE confirmar a cassação dos gestores, o presidente da Câmara Municipal, Francisco Borges de Macedo, mais conhecido como Chico Mundico (PTB) deve assumir em breve o comando da prefeitura de Aroeiras do Itaim. A Justiça Eleitoral deve providenciar uma nova eleição no prazo de 45 dias.

Presidente da Câmara Municipal, Chico Mundico – Foto: Reprodução

Nota

Wesley de Deus e Edílson Teixeira divulgaram uma nota sobre a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI). 

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade