ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralTodas as Notícias

Árvores ameaçam atingir rede elétrica na Rua Petrônio Portela

Moradores da Rua Petrônio Portela, no bairro São José, convivem há anos com um problema que agora se mostra um risco eminente. Três grandes coqueiros situados nos fundos do Colégio Petrônio Portela ameaçam atingir a rede elétrica da rua. O temor é ainda maior, de que estas árvores com mais de 4 metros venham a cair sobre as residências, pois algumas estão desgastadas, com envergaduras em sua estrutura.

Com os fortes ventos, as palhas da árvore ameaçam atingir a rede elétrica- Foto: Paula Monize
Com os fortes ventos, as palhas da árvore ameaçam atingir a rede elétrica- Foto: Paula Monize

Outro problema que tem preocupado os moradores é a queda do muro do Colégio Petrônio Portela, ainda em dezembro de 2014, ocasionado pelas obras de saneamento básico, onde a estrutura do muro cedeu. O local se tornou propício para o tráfico de drogas. Segundo relatos dos próprios residentes da rua, os dois vigilantes da unidade escolar já foram agredidos pelos jovens que durante a tarde se concentram no local.

VEJA VÍDEO

IMG_4967

A moradora Cleide Feitosa destaca que os moradores já realizaram diversos abaixo assinados, buscando solucionar o problema. “Este muro caído atrai muitas crianças, muitos drogados. De uma certa forma nós somos os únicos penalizados, porque convivemos diariamente com esta situação. Também já procuramos a secretaria de Meio Ambiente para que cortassem estas árvores, e os mesmos disseram que elas não oferecem riscos. No entanto, com os ventos, as palhas faltam é atingir a rede de energia elétrica”, disse a moradora.

IMG_4960

Os próprios moradores ainda se mobilizaram e por conta própria tamparam os buracos na rua. Os mesmos disseram ter procurado a gestão municipal e a Construtora Múltipla para que o muro fosse novamente erguido, pois a direção da escola enfatiza que a obra é de responsabilidade dos mesmos.

IMG_4958

IMG_4961

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade