ad16
AutoPECASonline24.pt
EducaçãoGeralTodas as Notícias

Autorizada contratação de professores e concurso na Uespi

O governador Zé Filho autorizou, nesta terça-feira (13), a contratação imediata de 67 professores temporários para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O gestor também confirmou a abertura de um edital de concurso para a contratação de mais 100 docentes efetivos.

Campus da Uespi de Picos - Foto: RiachaoNet
Campus da Uespi de Picos – Foto: RiachaoNet

O reitor Nouga Cardoso explicou que a contratação de professores temporários está autorizada pela Justiça e os docentes irão para as cidades do interior do Estado. “Foi determinado que a Uespi pode contratar temporariamente professores para o interior dentro dos 170 que foram selecionados este ano. Serão chamados agora 67, mas poderemos chamar mais gente, conforme a situação financeira do estado melhore”, declarou.

“Estamos avaliando o caso da Uespi com a maior cautela possível, pois sabemos das necessidades da instituição e da importância que ela tem na formação de nossos jovens. O novo concurso, bem como a contratação de professores temporários será feita dentro dos Limites de Responsabilidade Fiscal e visa diminuir o déficit de docentes que hoje prejudicam a regularidade de algumas disciplinas”, afirma Zé Filho.

O governador também autorizou a elaboração do edital de um concurso para cem professores efetivos para a instituição. “Vamos fazer um levantamento nos próximos 45 dias sobre a situação da Uespi para verificar a distribuição das vagas e áreas. A parte burocrática deve acontecer até o fim do ano e os novos professores efetivos devem atuar no primeiro semestre do ano que vem, por ser este um ano eleitoral”, informou o reitor.

“No ano passado foi realizado um concurso para 240 professores efetivos e foram contratados 354. Atualmente temos 878 professores efetivos e cerca de 500 provisórios”, acrescenta Nouga Cardoso.

Contratação

O reitor da Uespi explica que o mais recente concurso para professor efetivo da Uespi expirou no dia 19 de março e, por isso, é necessária a realização da contratação temporária. “A validade do certame venceu, por isso o governador está impedido de contratar os classificados daquele concurso”, declarou.

Fonte: Cidade Verde

 

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade