ad16
CidadeGeralSaúde

Campanha contra a dengue deve ter início nos próximos meses

Mosquito transmissor da dengue
Aedes Aegypti - Mosquito transmissor da dengue - Foto: Reprodução

Com a proximidade do início do período chuvoso a Secretaria Municipal de Saúde de Picos, através do Centro de Controle de Zoonoses, se prepara para enfrentar um problema que renasce a cada ano: a ocorrência de casos de dengue.

A doença é provocada pelo mosquito transmissor infectado Aedes Aegypti. O mosquito se reproduz em água parada, geralmente próxima a residências, aumentando a incidência dos casos da doença entre a população urbana.

“O início das chuvas é período mais crítico, porque é nessa época que a proliferação do mosquito aumenta, uma vez que ele encontra todos os fatores favoráveis para a sua reprodução”, informa o diretor do Centro de Controle de Zoonoses, médico veterinário Agenor de Sousa Martins.

Larvas do mosquito transmissor da dengue
Larvas do mosquito transmissor da dengue - Foto: Reprodução

Segundo ele, apesar da reincidência do problema ainda é comum encontrar água parada principalmente dentro de residências habitadas, terrenos baldios e locais onde o lixo esteja espalhado. “Em Picos ainda não há a cultura da prevenção de focos de dengue”, explica o diretor, ressaltando que a melhor solução para o combate à doença é eliminar os focos de acúmulo de água.

Os dados colhidos pelo Centro de Controle de Zoonoses indicam que em 2011 o bairro Morada do Sol foi a área com maior incidência de focos de dengue na cidade. A falta de saneamento básico é considerada um dos motivos para o aumento no índice de focos de dengue entre a população que vive nas periferias de Picos.

Clique aqui caso deseje saber mais sobre sintomas, o mosquito da dengue, tratamentos, prevenção, tipos, dengue hemorrágica e outros detalhes da doença.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade