ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Carreta do Sertão chega a Picos com atendimentos médicos, jurídicos e sociais gratuitos

A carreta está ao lado da Primeira Igreja Batista de Picos, na Rua Monsenhor Hipólito, 583, centro de Picos.

Chegou na cidade, na noite desta quarta-feira (17), a Carreta do Sertão, projeto idealizado pela Junta de Missões Nacionais da Convenção Batista Brasileira, em parceria com a Primeira Igreja Batista de Picos, cujo objetivo, além de levar a Palavra de Deus aos povos não-alcançados com a salvação, é oferecer serviços médicos, jurídicos e sociais à população picoense.

O projeto, que conta com voluntários de diversos locais do país, além dos locais, oferta atendimento em nutrição, oftalmologia, fonoaudiologia, urologia, clínica geral, fisioterapia, consultoria jurídica nas mais diversas áreas, manicure, cortes masculinos e femininos, escovas e doações de roupas, todos totalmente gratuitos.

As ações iniciaram na manhã desta quinta-feira (18) e seguem até às 17h00 de hoje, dando continuidade durante toda esta sexta-feira (19), das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00. Ainda na tarde de amanhã, a partir das 15h30, haverá uma programação voltada para todas as crianças de Picos, no templo da Primeira Igreja Batista, também de forma gratuita.

“Esse é um projeto de todas as Igrejas Batistas do Brasil para atendimentos médicos, odontológicos e, principalmente, a evangelização do povo sertanejo, do povo nordestino. Essa carreta saiu de São Paulo em agosto e, desde então, tem passado por alguns estados brasileiros – 15, ao todo. Ela estará hoje e amanhã em funcionamento e, durante estes dois dias, teremos também culto evangelístico à noite, a partir das 19h00”, explicou Victor Cardoso, promotor de Missões da Primeira Igreja Batista de Picos.

Ele disse ainda que qualquer pessoa interessada em qualquer atendimento, seja médico, odontológico, jurídico ou de beleza, pode comparecer ao local que será atendido.

“Qualquer pessoa pode vir. Estamos distribuindo senhas e fazendo o atendimento das pessoas interessadas em quaisquer destes serviços”, afirmou.

Picos é a primeira cidade da região Nordeste a receber a Carreta do Sertão com seus serviços em funcionamento, ou seja, o município tem servido de piloto para o projeto. O pastor Raimundo Rodrigues, coordenador do projeto no Piauí e Maranhão, falou sobre o objetivo principal dele.

“Aqui na região, Picos é a primeira cidade a receber a carreta, ou seja, está funcionando como um piloto para o projeto, que visa trabalhar especialmente o sertão brasileiro. Esta carreta terá uma agenda para o Piauí e todo o Nordeste e este ano estamos fazendo uma demonstração para as igrejas e sociedade do que traremos, de forma mais intensa, em 2022. No Piauí e Maranhão serão em torno de 25 cidades a receberem a carreta em 2022. Nesse momento nosso objetivo é levar às pessoas uma palavra de esperança, de consolo, de motivação, para que elas possam olhar para Jesus como a esperança para esse mundo”, destacou.

Ele relatou a expectativa da Convenção Batista Brasileira com a intervenção que está sendo realizada em Picos, inicialmente, e à posteriori nos demais estados brasileiros. Frisou que todo o serviço oferecido nada mais é que seguimento ao exemplo de Cristo, sendo, portanto, papel da igreja.

“Estamos com uma expectativa girando em torno de podermos atender as pessoas de uma forma especial, socialmente falando. Esse é o papel social da igreja, onde nos propomos a ajudar as pessoas, as comunidades que, em um momento desse de pandemia, os recursos estão escassos e nós, enquanto batistas brasileiros, temos essa proposta de levar um pouco de conforto às famílias”, declarou.

Encarando a missão e conduzindo a carreta está o pastor Paulo Nogueira. Desde o mês de setembro ele tem percorrido o país para apresentar aos batistas o projeto Carreta do Sertão. Segundo ele, a intenção é despertar o voluntariado nas pessoas.

“Acompanho o projeto desde o início com a fabricação da carreta e tudo isso foi projetado para levar um novo sorriso para o sertão. Já percorremos 15 estados divulgando esse trabalho para que as pessoas possam se envolver e ajudar com esse projeto, despertando novos voluntários. Temos muitos profissionais liberais que se dedicam a fazer esse voluntariado. É gratificante estar percorrendo com essa carreta os lugares mais carentes com a Palavra de Deus e assistência social”, disse ele.

Vale ressaltar que o projeto não busca angariar nenhum fim lucrativo, ao contrário. O objetivo é ofertar gratuitamente serviços essenciais em um tempo onde não há condição de muitas pessoas tê-los. Ele frisou ainda que o trabalho é apenas cumprimento de uma ordenança de Cristo.

“Não há nenhum fim lucrativo. É amor pelas vidas. O próprio Jesus nos ensinou isso. Ele cuidava das pessoas, curava, ajudava, fazia uma ação social, podemos assim dizer, não apenas com o espiritual. E esse projeto é isso: levar ação social para as comunidades mais carentes, mas também o espiritual”, enfatizou.

Quem queira colaborar com o projeto, seja com kits odontológicos ou manutenção da carreta, é só entrar no site da Junta de Missões Nacionais e se cadastrar.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade