ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Geral

Comunidade picoense mantém tradição de veneração a Nossa Senhora de Fátima

Mesmo em tempos de pandemia, a comunidade picoense de Fátima manteve a tradição de veneração a Nossa Senhora de Fátima. O Conselho Comunitário Religioso se organizou para garantir a tradição que já perdura por 70 anos. Respeitando o isolamento social, ao longo dos 31 dias foram realizadas as novenas de devoção a Maria. A cada noite, cinco pessoas diferentes eram escaladas para realizar a celebração na igreja. As orações eram irradiadas para o exterior através do aparelho de som, assim, de suas casas, a população podia acompanhar as novenas.

“A comunidade religiosamente não parou, ela vivenciou o mês de maio, embora seguindo as orientações dos órgãos competentes, a comunidade esteve viva na sua devoção levando através do som externo da Igreja, as famílias católicas tiveram a oportunidade de sentir isso”, declarou Victor Leal que coordena o Conselho Comunitário Religioso, ao lado Francileda Santos, Lúcia Anísia, André Carvalho e Cláudia Luz.

No domingo (31), a imagem de Nossa Senhora de Fátima fez uma peregrinação por todas as ruas da comunidade. Nos anos anteriores era realizada uma grande carreata, mas dessa vez apenas três veículos fizeram o trajeto: um com a imagem, um carro de som e o terceiro para registrar o momento através de fotos. “Não ficou uma rua que imagem não fizesse essa visita”, declarou Victor Leal.

Em cada calçada das residências de Fátima, as famílias organizaram um pequeno altar para ver a imagem passar. “Juntar a família em sua casa e ali recendo a imagem, fazendo as suas orações”, comentou Victor.

Ele salienta que 90% da comunidade de Fátima é formada por católicos e 100% destes saudaram Nossa Senhora de Fátima e mantiveram viva a tradição.

Os festejos de Nossa Senhora de Fátima são celebrados entre os dias 04 e 13 de outubro, mas, como dito nesta matéria, o mês de maio é de grande relevância para a comunidade, celebrando há 70 anos a devoção a Maria.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui