ad16
Geral

Criança de nove anos morre vítima de dengue em hospital de Teresina

Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina confirma o óbito por Dengue do pequeno Lucas Manoel Resende Rodrigues, de 9 anos. Ele era paciente do serviço hospitalar privado do município, sendo proveniente da região sudeste da cidade. Lucas morreu no último domingo (27), mas a causa da morte foi confirmada hoje pela FMS. As informações são do Meio Norte.

A criança apresentou dores de cabeça, febre e quadro de vômitos. Até esta quarta-feira (30/03), foram notificados 851 casos de dengue na capital, sendo que 387 casos foram confirmados. Esta é a segunda morte  por Dengue em 2022 (a primeira foi de um homem).

Os bairros com maior número de casos de dengue são: São Joaquim, Matadouro, Mocambinho, Parque Alvorada e Nova Brasília. Em 2021 foram 168 notificações o ano todo. A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, alerta a população que em caso de suspeita de dengue a recomendação das autoridades em saúde é que a pessoa procure imediatamente atendimento médico.

Hidrate, hidrate e hidrate. E tem que urinar transparente feito a água que bebe. Então se você está com dor no corpo, dor abdominal, e se quando está deitado e levanta, o mundo roda, por favor procure um serviço de saúde. Temos encontrado muitos casos graves”, explica Amariles.

Ela alerta ainda  para o fato de a transmissão da dengue acontecer através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti, que provoca sintomas como dor nas articulações, no corpo, na cabeça, náuseas, febre acima de 39ºC e manchas vermelhas no corpo. “A prevenção da dengue pode ser feita com práticas simples que evitam, principalmente, a reprodução do mosquito transmissor, através da eliminação de objetos que acumulem água parada”,reforça Amariles.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.