ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesEducaçãoTodas as Notícias

Em Picos, escolas se organizam para o ano letivo 2021

Mesmo com incertezas sobre como será o ano letivo em 2021 devido a pandemia e ainda não ter se iniciado a vacinação contra o Covid-19, escolas em Picos se organizam para dar inicio as matrículas do próximo ano letivo.

O Diretor do Colégio São Judas Tadeu, Daniel Bonfim, diz que as matrículas já se iniciaram desde o dia 16 de novembro, que segundo o protocolo do COI, as aulas presenciais foram liberadas desde outubro. “Foi liberado o retorno das aulas presenciais e estamos com mais de um mês que voltamos com o terceiro Pré-Vestibular e o Pré-Med e até agora tudo tranquilo”, disse. 

Daniel Bonfim complementa falando ainda que “se não tiver alguma alteração as aulas voltam de forma presencial em fevereiro para todas as séries, mas conforme esse novo normal, onde os pais têm a liberdade de escolher se quer voltar de forma presencial ou quer de forma híbrida que é uma parte presencial e uma parte remota ou ainda vir só presencial ou só remota. A escola segue com os protocolos indicados pela Vigilância Sanitária e ainda é sanitizada diariamente duas vezes por dia, então até agora está dando certo”, completou o diretor. 

Nádia Sousa, mãe de dois alunos da rede privada fala sobre como foi o ano letivo de 2020. “Eu tenho dois filhos em uma escola privada, um no ensino infantil e uma no ensino médio, para a minha filha do ensino médio foi mais tranquilo, ela assistia às aulas direitinho e fazia as atividades propostas, já meu filho do infantil tive problemas ele ficava bastante disperso para assistir as aulas, não se concentrava, dava trabalho para fazer as atividades, então pra ele senti que prejudicou mais”, reiterou a mãe.

No que diz respeito ao ano letivo de 2021, Nádia diz. “Fico bastante insegura porque meu filho menor tem problema respiratório e ainda estamos em pandemia e não chegou a vacina, fico com insegurança de mandar ele para a escola, conversando com outras mães, já até pensamos na possibilidade de tirar eles da escola privada e colocar na pública e pagar reforço porque na escola pública as aulas são online também, entra aí até a questão da mensalidade que é outra questão complicada, apesar de terem reduzido um pouco o valor mas mesmo assim creio que deveriam repensar e diminuir ainda mais, porque a renda de muitas famílias sofreram impacto.”

ESCOLAS MUNICIPAIS

Nas escolas Municipais de Picos, o Secretário de Educação, João de Deus falou que durante todo o ano de 2020, “foram desenvolvidas atividades pedagógicas não presenciais com todos os alunos da rede municipal, entregamos materiais impressos, além de acesso ao Google sala de aula e canal no YouTube onde foram postados os vídeos com as atividades”. 

Questionado sobre como estava sendo organizado o ano letivo de 2021, o Secretário informou que o planejamento será executado pela nova equipe que assumirá a pasta.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade