ad16
MunicípiosTodas as Notícias

Emater retoma sistemas de dessalinização em Betânia do Piauí

A equipe de extensionistas da Emater responsável por coordenar as ações do Programa Água Doce no Piauí, estiveram na última semana, na cidade de Betânia do Piauí,  A visita teve como objetivo retomar a construção dos sistemas de dessalinização e buscar o apoio da prefeitura e comunidades para a gerenciar os sistemas.

O Programa Água Doce (PAD), é uma ação do Governo Federal, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil.

Vista aérea de Betânia do Piauí - Foto: Reprodução
Vista aérea de Betânia do Piauí – Foto: Reprodução

A cidade de Betânia tinha sido beneficiada com a instalação de três sistemas, e coube à atual gestão a retomada da construção da obra no município.

Na localidade já estão sendo construídos os sistemas e as obras estão quase prontos para a instalação do dessalinizador. Foram selecionadas as comunidades Barro dos Pereiros, Laranja e Silvino. As duas últimas são comunidades quilombolas que desenvolvem ações de relevância nacional. Estes sistemas irão beneficiar aproximadamente 400 pessoas do município. As obras somam aproximadamente R$ 700 mil reais, parceria Governo Federal e Governo do Estado.

Para o coordenador Adalberto do Nascimento, esta obra vai ser significativa para estas famílias. “Isto representa um recomeço na vida das pessoas, pois eles dependem da água da chuva e de carros pipas”, declarou.

Cidade Verde

O prefeito do município, José Filho, e secretários ficaram bastante animados com a retomada do projeto e se colocaram à disposição para ajudar na execução do projeto. “Colocamos nossa gestão em sintonia com as ações do Programa, pois acreditamos que esse projeto vai tornar mais fácil a vida das pessoas do nosso município”, completou o gestor.

A obra está prevista para ser entregue até o final de novembro. Daqui a trinta dias será realizada a segunda visita de mobilização para discutir o acordo de gestão, momento este em que a comunidade e a prefeitura se comprometem a gerir o poço, tendo como culminância a elaboração de um documento em que os beneficiários assumem a administração dos sistemas para a distribuição da água, levando em consideração a quantidade de litros d’água por família, de acordo com a vazão do poço.

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também