ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Estudantes reclamam do aumento em 25% na passagem de ônibus coletivo em Picos

A passagem que era R$ 4,00, agora está no valor de R$ 5,00.

No início do mês a tarifa da passagem de ônibus coletivo em Picos teve um aumento de 25%, ou seja, o valor que era R$ 4,00 passou a ser R$ 5,00, causando revolta em quem faz uso do transporte, especialmente nos estudantes.

O Portal RiachãoNet conversou com dois estudantes universitários, os quais expuseram a indignação pelo aumento da tarifa, levando em consideração a crise econômica em que se encontra o país, especialmente por conta da pandemia.

João Pedro Nunes, estudante de Jornalismo na Uespi, argumentou que, além de toda a crise econômica, ainda há outros fatores que prejudicam os alunos, como ser de outra cidade, por exemplo.

“Eu, como estudante em Picos, me senti totalmente afetado por esse aumento. Sou de fora e atualmente resido em Picos para estudar. Me sinto altamente lesado em relação a esse aumento da tarifa dos coletivos. Não tem condições! A gente percebe que é um sistema cheio de deficiência, que não engloba todos os bairros da cidade, além do mais, o serviço é de péssima qualidade. São poucos os ônibus que rodam na cidade, mas que não fazem a ligação de bairros”, destacou ele.

Arquivo Pessoal – Instagram

Ele alegou ainda a alta inflação e a necessidade que muitas pessoas de baixa renda, não apenas estudantes, têm em fazer uso do transporte dito público.

“Um tempo de crise como esse que a gente está vivendo, com a alta da inflação, ainda vêm as empresas reajustando a passagem dos coletivos. Isso vem a infringir muito e prejudicar, principalmente, os passageiros de baixa renda, os trabalhadores que não têm transporte individual e optam pelo coletivo aqui em Picos”, pontuou.

A estudante de engenharia Agronômica, Mirlândia Mary, pontuou a quantidade de dinheiro que os estudantes têm que investir para se deslocarem até suas universidades diariamente, sem mencionar os que precisam ir mais de uma vez. Frisou ainda a baixa qualidade do serviço prestado pela empresa de coletivo urbano.

“O aumento da passagem de ônibus é um grande prejuízo em nossa vida. Principalmente na dos estudantes. É um desfalque de cerca de quase R$ 150,00 para quem tem aula de segunda a sábado. Isso indo apenas uma vez por dia. Há dias em que precisamos ir mais de uma vez. Se o ônibus nos desse conforto, seria diferente. Mas não dá. Quando todas as aulas retornarem, os ônibus lotarão, pois não há muitos ônibus subindo para o campus a tempo de chegar cedo na aula. Então todos teremos que pegar o mesmo. Ou seja, pagando muito para se sentir dentro de uma lata de sardinha”, destacou.

Ela disse entender o aumento por conta do aumento da gasolina, mas que isso afetará outras áreas financeiras tanto de estudantes quanto de trabalhadores.

“A gente entende que teve um grande aumento no preço do combustível, mas nós, como estudantes, que não trabalhamos e não temos renda de outra maneira, ficamos de mãos atadas. Não temos como desistir do curso por conta da passagem de ônibus. Vamos ter que tirar de outra coisa para cobrir a passagem”, declarou.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade