ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Garçom acusado de cometer feminicídio continua foragido

O garçom Antônio José da Silva é acusado de matar a pauladas sua ex-mulher.

Após passados mais de três dias do registro do crime,  o garçom Antônio José da Silva, suspeito de assassinar a pauladas a sua ex-mulher Francisca Gorete, continua foragido e a Polícia Civil está investigando o caso com depoimentos de testemunhas. O crime ocorreu na madrugada da última segunda-feira (4), em frente ao Colégio das Irmãs, na Rua Monsenhor Hipólito, Centro de Picos.  

Depois de cometer o crime, Antônio José fugiu e teve um áudio vazado pelo WhatsApp, onde relata com riqueza de detalhes os motivos e o passo-a-passo do crime.

Francisca Gorete (vítima) e Antonio José da Silva (suspeito do crime)
Francisca Gorete (vítima) e Antonio José da Silva (suspeito do crime)

Investigação

 

Com o objetivo de colher todas as informações envolvendo o fato, a Polícia Civil já ouviu a filha do casal e a atual esposa de Antônio José.  

Segundo o chefe de plantão da Central de Flagrantes, Abelardo Oliveira, todas as providências em relação ao crime estão sendo adotadas. “Vamos ouvir mais pessoas para saber as circunstâncias como de ato aconteceu esse crime e o que foi que se deu naquela noite envolvendo o autor do fato Antônio e a vítima Francisca Gorete”, disse.  

 

Aberlado informou ainda que imagens de câmeras de segurança das ruas onde o casal teria passado antes do crime estão sendo analisadas. “Policiais da Polícia Civil de Picos estão colhendo todas as informações que possam ser inclusas no inquérito policial”, pontuou.  

As diligências continuam no sentido de localizar o garçom Antônio José.  

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade