ad16
GeralPolítica

Governador comenta manifestações em Teresina e diz que usaria a força se preciso

Governador Wilson Martins.
Governador Wilson Martins comenta manifestações em Teresina. Foto: Maria Moura

Em entrevista a imprensa picoense o governador Wilson Martins (PSB) falou sobre os cinco dias de manifestações de estudantes e diversas classes sociais em Teresina contra o abusivo aumento da passagem de ônibus coletivo, que havia subido de R$ 1,90 para R$ 2,10. O governador disse ter reunido a cúpula do Polícia Militar ainda na manhã da sexta-feira (02) para definir um plano de ação para a segurança pública.

O governador disse ter sugerido ao prefeito de Teresina, Elmano Férrer, e sugerido que ele dialogasse com os estudantes. Wilson Martins disse ter conversado com conhecimento de quem já enfrentou mais de 20 greves de janeiro de 2011 até este mês de setembro.

“Movimentos que querem chamar para o confronto e nós acabamos com todos eles na base do entendimento e nós sugerimos ao prefeito, que abrisse o diálogo e encontrasse uma saída, e ele encontrou”, comentou.

Apesar de dizer ser válida a manifestação dos estudantes teresinenses, o governador Wilson Martins afirmou que usaria a força para garantir o direito dos teresinenses de “ir e vir”, ou seja a Polícia Militar seria usada com mais ferocidade para conter as manifestações.

 Críticas

Através da imprensa estadual e das mídias sociais, Facebook e Twitter muitos estudantes e representantes de diversos setores da sociedade criticaram a ação da Polícia Militar, que na semana anterior se aquartelou exigindo reajuste salarial e nessa semana usou a força contra estudantes que lutavam pela manutenção de seus direitos.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade