ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
Geral

Governador nega mal estar com PT e discute vinda de Eduardo Campos

Wilson Martins vista Picos -Foto: Thiago Amaral
Wilson Martins -Foto: Thiago Amaral

O governador Wilson Martins (PSB) voltou a afirmar nesta segunda-feira (14) que não há nenhum constrangimento para o PT continuar em sua gestão, mesmo com o rompimento em âmbito nacional. Martins reuniu militantes para discutir a vinda a Teresina do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que receberá título de cidadania na próxima semana.

Wilson Martins chegou na sede do diretório estadual do PSB, no Centro de Teresina, no início da noite. Segundo o presidente da sigla no Piauí, a visita de Campos acontecerá no dia 22 e a militância será mobilizada para um bate-papo com o governador de Pernambuco.

Será a primeira viagem da liderança maior do PSB como pré-candidato à Presidência da República e após a filiação da ex-ministra Marina Silva, da Rede Sustentabilidade.
Eduardo Campos irá receber título de cidadão piauiense proposto pelo deputado estadual Antônio Félix (PSD). Wilson Martins que aproveitar a oportunidade para promover um evento com os militantes do PSB. Ele declarou que não quer uma palestra entre quatro paredes, mas um diálogo em um local onde se possa conversar sobre o planejamento das ações para 2014.

Sobre o estremecimento nas relações com o PT, Wilson Martins reafirmou que o partido pode seguir no seu governo. “Da minha parte, não há nenhum constrangimento”.

O governador confirmou que esteve com senador Wellington Dias em Altos, mas negou que tenha tratado sobre saída do governo. “Não houve nenhum conversa com ele, mas não tem nenhuma crise com o PT. Tudo ok! o que houve foi uma conversa anterior”.

“Não estar sendo constrangedor para o governador e nem para o partido a questão do PT está compondo o nosso governo. Agora, tem que saber se é verdadeiro se eles (petistas) estão ou não sentindo desconforto”.

Participam da reunião os secretários estaduais Átila Lira e Wilson Brandão, além do ex-senador Heráclito Fortes (ex-DEM) e de deputados, vereadores e militantes do PSB.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade