ad16
AutoPECASonline24.pt
Geral

Governador visita Casa APIS em Picos

Governador Wilson Martins em visita à casa APIS - Foto: Paulo Barros
Governador Wilson Martins em visita à casa APIS - Foto: Paulo Barros

O governador Wilson Martins visitou, na manhã de hoje (29), as instalações da fábrica de processamento e beneficiamento de mel da Central de Cooperativas Apícolas do Semi-árido Brasileiro (Casa APIS), na cidade de Picos. Neste ano, a produção de mel em todo o estado deverá triplicar em comparação ao ano de 2010.

Segundo o governador, a parceria do Governo do Estado com a Casa APIS tem gerado renda e desenvolvimento para a região de Picos. “Temos aqui em Picos um dos melhores mel do mundo e é uma alegria ver esse desenvolvimento, principalmente quando isso gera renda. Só aqui temos mil e trezentas famílias trabalhando na produção de mel orgânico”, disse o governador.

A fábrica de estocagem e beneficiamento de mel da Casa APIS emprega diretamente vinte e dois funcionários e possui a capacidade de produção de 15 toneladas dias, e este ano chegará à produção de mais de duas mil toneladas. A produção de mel da Casa APIS corresponde um terço de todo o mel produzido no estado.

O Piauí conquistou, neste ano, o mercado europeu, um dos mais exigentes com relação a qualidade do produto. “Já estamos entrado no mercado europeu e iremos despachar dois contêineres, que já estão carregados aguardando a liberação. O Piauí é o único no mundo com essa estrutura em relação a produção do mel orgânico. Fazemos todo o acompanhamento do mel da produção até a venda, o que chamamos de rastreamento e que é cobrado pelo compradores do exterior”, explicou o presidente da Casa Apis, Antônio Dantas.

Fazem parte da Casa APIS várias famílias que trabalham com a produção de mel de mel orgânico. O mel de abelha garante ao senhor Irisneto Francisco cerca de um salário mínino por mês. “Eu ainda sou novato na produção só estou com dois anos e hoje chego a tirar um salário, o que me ajuda a sustentar minha família. No próximo ano eu vou aumentar minha produção”, comera o apicultor.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade