DestaquesTodas as Notícias

Governo do Piauí investirá R$ 5,4 milhões em benefício a famílias de municípios da macrorregião

O Governo do Estado do Piauí, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e do Programa Viva o Semiárido, firmou um empréstimo com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no valor de R$ 5.432.357,90 para garantir e desenvolver melhorias na região do semiárido piauiense.

A iniciativa beneficiará os municípios da região de Picos, como: Betânia do Piauí, Campo Grande do Piauí, Itainópolis, Jacobina do Piauí, Massapê, Pimenteiras, Alegrete do Piauí, Pio IX, Santo Inácio do Piauí, Monsenhor Hipólito, Queimada Nova, Padre Marcos e Inhuma. Atividades como ovinocaprinocultura, apicultura, piscicultura, avicultura caipira e mandiocultura, também serão estimuladas com estes recursos.

Convivência com o semiárido na academia - Foto: Ilustração
Convivência com o semiárido na academia – Foto: Ilustração

Outros municípios do estado serão beneficiados são eles: Acauã, Colônia do Piauí, Lagoa do Sítio, Oeiras, São Braz, São João do Piauí e Jurema.

O empréstimo tem uma contrapartida de 10% por parte das famílias, variando de acordo com o projeto assistido. As associações representantes de cada município irão complementar esses recursos com R$ 530 mil de contrapartida voltados para mão de obra, preparando rações, realizando a manutenção de aviários e organizando os extratos dos projetos de mandioca, por exemplo.

Segundo Francisco das Chagas, diretor de Combate à Pobreza Rural (DCPR), responsável pela execução do programa Viva o Semiárido, o empréstimo possibilitará maior desenvolvimento e apoio à muitas famílias piauienses. “Esses recursos tem o bjetivo de diminuir a pobreza nos municípios da região semiárida. Com esses projetos produtivos buscamos aumentar a renda das familias e amenizar a situação de pobreza e a dificuldade de conviver com as adversidades climáticas. Ao todo, serão 671 famílias, 197 jovens e 147 mulheres que terão uma oportunidade mais consistente para desenvolver suas terras, seus negócios”, ressaltou o gestor.

 

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também