ad16
GeralTodas as Notícias

Guanabara diz que motorista já estava em processo de demissão antes de briga com pastor

A empresa informou que faz anualmente a readequação de seu quadro de motoristas, em nível nacional, considerando a sazonalidade da demanda de passageiros. 

Após ser bastante criticada nas redes sociais, a Guanabara enviou nova nota de esclarecimento nesta sexta-feira (22/04) acerca da confusão envolvendo motorista e pastor evangélico em Piracuruca, no Norte do Piauí. As informações são do 180graus.

A empresa informou que faz anualmente a readequação de seu quadro de motoristas, em nível nacional, considerando a sazonalidade da demanda de passageiros. 

Dessa forma, a empresa já havia iniciado o processo de desligamento do colaborador que aparece no vídeo que circula nas redes sociais e, portanto, o seu desligamento não tem nenhuma relação com o fato ocorrido na rodoviária de Piracuruca. A Guanabara só tomou conhecimento do episódio no momento em que as imagens vieram à público, quando o processo de desligamento do motorista já havia sido iniciado. 

“A Guanabara, ao longo de toda a sua trajetória, sempre pautou o relacionamento com os seus colaboradores com base no respeito e tem muito orgulho de ter um dos melhores quadro de colaboradores do país”, diz trecho de nota enviada ao 180.

Discussão em rodoviária

O pastor Eudes Gomes, que é secretário municipal de Agricultura, estacionou seu carro em uma das plataformas destinadas para ônibus no Terminal Rodoviário de Piracuruca, mesmo o local possuindo uma placa determinando a proibição de estacionamento de carro, moto e bicicleta.

O fato gerou indignação por parte do motorista da Guanabara, que gravou um vídeo mostrando o carro do pastor estacionado em local não permitido.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.