ad16
GeralPolíticaTodas as Notícias

Marcelo Castro, o irmão e diretor do HGV são vítimas de assalto em THE

O deputado federal Marcelo Castro (PMDB) foi vítima de um assalto na manhã desta segunda-feira (10/03) quando fazia caminhada com um grupo de amigos na avenida Marechal Castelo Branco, em Teresina. Ele estava acompanhado do irmão, Castro Júnior e do diretor do Hospital Getúlio Vargas, Carlos Iglesias.

Deputado Marcelo Castro (PMDB)
Deputado Marcelo Castro (PMDB)

“Fazíamos caminhada por volta de 5h30, e quando passávamos pelo trecho entre a Ponte Estaiada e a Ponte Petrônio Portela vimos a movimentação dentro do mato, e seguimos um pouco mais acelerado. Instantes depois fomos abordados por um grupo de cinco homens, dois deles, armados, e muito nervosos”, relatou o deputado.

O deputado conta que pediu logo calma aos assaltantes. “Falei com eles, pedindo calma, estavam muito exaltados”, disse. Marcelo Castro, que estava sem o aparelho celular, conta que nada foi levado dele, nem de seu irmão. Já o diretor do HGV, Carlos Iglesias, teve a aliança e o tênis levado.

Segundo o deputado, os mesmos indivíduos já tinham assaltado outras pessoas que faziam caminhada. “Fomos até um posto de gasolina e o rapaz de lá acionou a polícia, mas até a hora que saímos de lá ninguém havia chegado. Uma senhora que passou pelo posto nos ofereceu carona e me deixou em casa”, relata Marcelo.

O parlamentar lembra que os assaltos na avenida são frequentes e se queixa da demora da polícia. “A polícia passa, mas já é de dia, quando é menor provável a ocorrência de um assalto. O policiamento precisa acontecer mais cedo. Os dois colegas são médicos, precisam estar cedo em seus empregos, por isso precisam fazer caminhada neste horário. O horário da polícia está um pouco atrasado.

Fonte: 180 Graus

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade