ad16
GeralSaúde

Médicos e cidades têm até hoje para aderirem ao “Mais Médicos”

Saúde Concurso
Foto: Ilustração

Os municípios piauienses têm até esta quinta-feira (25) para aderirem ao programa Mais Médicos, do Governo Federal. Segundo o Ministério da Saúde, a medida criará cerca de 11,5 mil vagas para médicos e 12 mil para residentes, em todo o Brasil.

A prioridade será dada aos municípios que estão em extrema pobreza. Atualmente, o Piauí tem mais de 145 cidades nessa situação, segundo informou a secretária de Saúde de Beneditinos e diretora do Conselho de Secretários de Saúde do Piauí, Leopoldina Cipriano.
O projeto faz parte de um plano para melhoria de atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), objetivando ampliar o número de médicos em regiões carentes, como municípios do interior e periferia das grandes cidades, e acelerar os investimentos em hospitais e unidades de saúde.
“Esses municípios, assim como Beneditinos, têm dificuldades na fixação dos profissionais médicos. Não podemos abrir mão de participar desse programa”, alertou a secretária. Hoje também se encerra o prazo para os médicos se cadastrarem no programa.
De acordo com a gestora, o principal problema enfrentado em Beneditinos é que a unidade de saúde está localizada na zona rural da cidade. “Os profissionais se recusam a cumprir horário porque a distância até o centro da cidade é de 48 km”, explicou. A adesão ao programa Mais Médicos podem ser feitas através da internet.
O Ministério da Saúde destacou que em todo o país estão sendo investidos R$ 15 bilhões na infraestrutura da rede pública de saúde. Deste valor, R$ 7,4 bilhões serão usados na construção de 818 hospitais, 601 unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e de 16 mil unidades básicas de saúde, R$5,5 bilhões na reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs e R$ 2 bilhões em 14 hospitais universitários.

Fonte: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade