ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

Moradores denunciam matança de animais por envenenamento em Queimada Nova

[ad#336×280]Os moradores da cidade de Queimada Nova, a 522 km ao Sul de Teresina, e que têm animais domésticos estão aflitos e preocupados após uma série de mortes desses bichos. Centenas de cães, gatos e até urubus morreram em um curto período de tempo. Os responsáveis pelos bichos afirmam que eles teriam sidos envenenados e que os restos mortais deixaram a cidade com um intenso mau cheiro.

Milton Rodrigues, que mora em uma residência no Centro da cidade, está assustado e precisou prender seu gato de estimação em um quarto. “Eu tive um gato que morreu envenenado. Estamos todos preocupados com a situação porque isso que estão fazendo é uma crueldade com os bichos. Além disso, os moradores estão andando com um lenço no nariz para suportarem o mau cheiro”, disse.

Vários urubus morreram com suspeita de envenenamento (Foto: Milton Rodrigues/Arquivo pessoal)
Vários urubus morreram com suspeita de envenenamento (Foto: Milton Rodrigues/Arquivo pessoal)

O professor De Jesus Manoel dos Santos contou que o cão criado pela família foi uma das vítimas. O animal estava com eles há dois anos e morreu há menos de um mês. “Ele andava pela rua e no dia que morreu saiu de casa por volta das 11h. Dez minutos depois ele voltou cambaleando, sem firmeza nas patas. Quando ele percebeu que a crise era grande e não iria superar, os olhos dele se encheram de água e as lágrimas pingavam no chão. Eu fiquei impressionada com aquilo. E depois disso ele deitou e não deu tempo para mais nada. Após 20 minutos, ele morreu”, relatou o professor.

Manoel dos Santos contou que a família tem mais dois cachorros e desde a morte do primeiro, os cães ficam trancados em casa. “Os outros dois também foram envenenados, mas consegui salvar a vida deles. Agora estou aflito com tudo isso. Temos que fazer alguma coisa”, afirmou o professor.

Os moradores afirmaram que tentaram fazer boletins de ocorrência, mas não conseguiram. “Eu me sinto sozinho, porque nessa hora você vai procurar ajuda em uma delegacia, mas ninguém toma atitude nenhuma. A lei existe, mas na prática não funciona”, explicou um morador sem querer se identificar.

Outro animal vítima de suposto envenenamento foi o gato do autônomo Antônio Mendes. Ele afirmou que ele morreu intoxicado com chumbinho, no entanto, o que deixou ele mais sobressaltado foi que o veneno foi jogado por cima do muro da residência. “Meus animais vivem presos e mesmo assim jogaram alimento envenenado por cima do muro e um dos meus gatos comeu e morreu. Isso está afetando a rotina de uma cidade onde o índice de criminalidade era zero“, contou.

De acordo com o sargento José Silva, responsável pelo policiamento de Queimada Nova, disse que a polícia está montando estratégias para descobrir e prender as pessoas envolvidas no envenenamento dos animais, “Eestamos fazendo diligências para tentar encontrar os envolvidos nesses crimes. Mas até esta terça-feira (25) ninguém havia procurado a polícia para registrar alguma ocorrência sobre o caso”, relatou o policial.

Fonte: G1 Piauí

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também