ad16
PolíciaTodas as Notícias

Em 2017, número de homicídios de mulheres crescem em Picos

Dos 17 assassinatos registrados até agora na cidade de Picos dois tiveram vítimas do sexo feminino. Comparado a 2016, quando apenas uma mulher foi morta no município picoense – a garota de programa, Taciana Maria de Alencar –, houve um crescimento de 100%.

Em 2017 foram assassinadas em Picos: a garota de programa, Vera da Silva Bispo, e a dona de casa, Jarnicleide de Holanda Leal, de 25 anos.

O corpo de Vera Silva foi encontrado carbonizado próximo a Passarela, no dia 05 de outubro, e Jarnicleide de Holanda acabou morta dentro de casa pelo ex-marido com um tiro de espingarda na cabeça, no bairro Umari, no dia 02 maio.

Em relação ao bárbaro assassinato de Vera o laudo da polícia civil apontou que ela foi queimada ainda viva. Segundo a representante da Associação das Profissionais do Sexo de Picos (APROSEP), Leonísia Osório, a polícia civil já tem algumas pistas sobre o caso que chocou o Estado do Piauí. Mas até o momento nenhum suspeito foi preso.

No que diz ao homicídio de Jarnicleide o ex-marido da vítima, José Adriano dos Santos, de 46 anos se apresentou três dias depois do assassinato e confessou o crime. Apesar de ter passado o flagrante ele acabou surpreendido por um mandado de prisão temporária e foi recolhido a Penitenciária José de Deus Barros.

Fonte: O Povo

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também