ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
Geral

Oito partidos deixam de prestar contas e podem perder verba no PI

Um parecer do Ministério Público Eleitoral pede que os diretórios de oito partidos políticos no Piauí percam o fundo partidário. O motivo é a não prestação de contas do exercício de 2012 dentro do prazo legal. O caso será analisado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) na próxima terça-feira (12).

Tribunal Regional Eleitoral do PI- Foto: Reprodução
Tribunal Regional Eleitoral do PI- Foto: Reprodução

Partido Socialista Liberal (PSL), Partido Comunista Brasileiro (PCB), Partido Social Democrata Cristão (PSDC), Partido da Causa Operária (PCO), Partido Trabalhista Nacional (PTN), Partido Trabalhista do Brasil – PT do B, Partido Republicano Progressista (PRP), Partido Pátria Livre (PPL) não prestaram contas até o último dia 30 de abril.

O parecer do procurador Alexandre Assunção e Silva recomenda que as contas “sejam tidas como não prestadas, bem como seja determinado o não repasse de cotas do fundo partidário pelo tempo que perdurar a omissão”.
Os diretórios acionados foram intimados e não se manifestaram junto à Justiça Eleitoral. Já o PCO, segundo o parecer, recusou o recebimento da intimação.
De acordo com o parecer, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) também não apresentaram os dados no prazo, mas atenderam à intimação para apresentação das contas. O mesmo ocorreu com o Partido da Mobilização Nacional (PMN).
A legislação eleitoral prevê que “os tribunais regionais eleitorais devem determinar ao diretório nacional do partido que não distribua cotas do Fundo Partidário ao respectivo diretório regional, pelo prazo fixado na respectiva decisão”.

 Fonte: Cidade Verde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade