ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
GeralTodas as Notícias

Os veículos mais fáceis para quem está aprendendo a dirigir

Embora um veículo seja desenvolvido com a finalidade de ser o mais funcional e prático possível, em muitas oportunidades, o motorista é que se designa da condução

O mercado automobilístico, que tem protagonizado grande aceleração no cenário brasileiro e, consequentemente, gerou expressivas cifras à nossa economia, detém especificidades de produtos expostos no setor para diferentes perfis de consumidores, visando suprir carências distintas. É vital salientar que, para a percepção de um vendedor deste ramo, a distinção entre a perspectiva de um condutor de 50 anos se difere da perspectiva de um condutor de 18 anos, que recentemente efetivou sua habilitação.

O hábito frequente se encarrega de culminar com a prática e, posteriormente, resulta na experiência, independente da tarefa e do mercado em que está inserido. E, no âmbito de condutores de automóvel, essa premissa é ratificada. Embora um veículo seja desenvolvido com a finalidade de ser o mais funcional e prático possível, em muitas oportunidades, o motorista é que se designa da condução, com exceção de casos em que um carro automático é utilizado, demandando menos técnica e instrução acerca dos processos relacionados a dirigir um veículo.

Créditos da imagem: Pexels

Condutores iniciantes: uma demanda potencial

Os iniciantes, almejando a obtenção de um automóvel que, de forma imediata, possa suprir todas as suas carências, contribui pela busca apurada por um carro que não exija tanto do condutor, como os da Toyota, por exemplo. Isto porque, diante desta fase de adaptação ao volante, o que o cidadão menos precisa é de um carro que compreenda muita complexidade para sua condução. Tendo sido identificada essa potencial demanda, as montadoras se atentaram aos anseios e necessidades do consumidor e, priorizando sua segurança e tendo em vista proporcionar às melhores experiências no volante, projetaram veículos com dinâmicas de condução extremamente acessíveis, fato que despertou um interesse do público mencionado.

Sendo assim, depois de décadas sem impactar todos os nichos que em seu mercado eram reconhecidos, a indústria automobilística finalmente moldou-se também ao perfil do iniciante, ambicionando capitalizar através deste consumidor e estimular a cultura da aquisição de veículos com a condução apropriada para os mais inexperientes. Analisando o setor com base nos valores praticados pela Tabela Fipe, a princípio, os modelos desenvolvidos objetivando a praticidade estavam atrelados a preços exorbitantes, desmotivando as aquisições e atuando de forma nociva à essa potencial demanda.

Todavia, com o decorrer dos anos, tornou-se consensual a percepção de que, para sugestionar o segmento em prol da manifestação deste novo público e obter êxito nessa proposta, os preços disponibilizados pela oferta deveriam ser mais condizentes com a realidade da população e, sendo assim, se adequarem àquilo que o cliente estava disposto a pagar.

A nova oferta de veículos que se estabeleceu

As montadoras, assimilando essa necessidade, fabricaram automóveis de condução acessível a um preço mais razoável e, rapidamente, as unidades passaram a ser comercializadas com frequência. Através de um automóvel que, além de compreender um valor propício para o consumo, também reunia credenciais que estimulavam cada vez mais as vendas, como conforto, custo benefício e facilidade para encontrar peças de reposição, esse modelo de veículo passou a ser atrativo também a outros perfis de condutores, denominando-os carros populares e os direcionando uma procura descomunal por parte do consumidor.

Tendo em vista a nova propensão do mercado, que demanda veículos que simplificam seu manuseio, as montadoras não economizaram recursos e, por meio de a utilização de irrestrita tecnologia, os automóveis desenvolvidos nunca se enquadraram de forma tão assertiva ao desejo da demanda.

Portanto, caso você seja iniciante e tenha reforçada a necessidade de adquirir um veículo desta linhagem, a fim de conseguir uma adaptação mais rápida à vida de condutor, eis o modelos mais acessíveis para você dirigir: Toyota Etios; Honda Fit; Volvo V30; Fiat Punto; Citroën C4 Picasso; Nissan Tiida; Nissan X-Trail; Cherry QQ; Fiat Mobi; Citroën C3 e Volkswagen Up.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade