ad16
ClassificadosCuriosidadesLinks PatrocinadosSaúde

Ótica Visão – 4 sinais para você visitar um oftalmologista

Na ótica Visão de Picos e na filial em Oeiras, você tem acesso facilitado ao oftalmologista com desconto.

Ainda que o Brasil tenha uma ótima relação entre números de especialistas, 1 em cada 5 brasileiros não tem acesso a oftalmologistas. Além disso, vale dizer que não faz parte dos hábitos dos brasileiros procurar o médico, inclusive nessa especialidade, sem que haja um motivo mais forte ou crítico de alguma enfermidade.

Porém, se o objetivo é garantir a saúde dos olhos, é fundamental visitar um oftalmologista no momento certo. Alguns indícios ajudam a saber quando fazer as consultas, e ficar atento a eles faz toda a diferença para o tratamento e recuperação.

Na ótica Visão de Picos e na filial em Oeiras, você tem acesso facilitado ao oftalmologista com desconto. Veja a seguir quais são os 4 sinais de que é hora de fazer uma visita ao especialista.

1. O surgimento de sintomas atípicos é sinal para visitar um oftalmologista

Um dos maiores sinais de alerta para procurar esse especialista é o surgimento de sintomas atípicos em relação à saúde dos olhos. A coceira e a vermelhidão podem significar uma conjuntivite, mas também podem ser sinal de algo mais.

Sensação de corpo estranho no olho e fotofobia — a sensibilidade elevada à luz — são outros quadros comuns. Por mais que pareçam condições inofensivas, elas podem mascarar um problema maior.

E, inclusive, não é necessário esperar que o problema se repita várias vezes para ir ao médico. Qualquer alteração fora do normal já é motivo para visitar um oftalmologista.

2. A perda parcial e/ou gradual de visão também exige a avaliação de um médico

Não é normal experimentar perda de visão gradual ou parcial. Por isso, se você está com mais dificuldade de enxergar de perto e/ou de longe, de identificar formas e distinguir cores, é hora de buscar um médico.

O surgimento de manchas e borrões, a dificuldade de enxergar no escuro e a sensação de cansaço visual são outras questões nesse sentido.

A consulta em um oftalmologista não é importante apenas para manter a saúde dos olhos em dia, mas também para garantir a segurança. Afinal, esse tipo de condição pode favorecer a ocorrência de acidentes.

3. A chegada da idade é mais um fator para ir ao consultório

Com o envelhecimento, é fundamental redobrar os cuidados com a saúde e isso inclui visitar um oftalmologista com mais regularidade. A partir dos 40 anos, alguns problemas começam a aparecer com mais frequência, como a vista cansada.

Outras questões como o glaucoma se tornam ainda mais importantes a partir dos 45 anos e, a partir dos 60, é preciso redobrar os cuidados com a degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

Mesmo que nenhum sintoma faça crer que há algo de errado, é indispensável manter uma postura preventiva para manter a visão.

4. O tempo entre visitas não deve ser ignorado

Porém, em qualquer idade é fundamental visitar o oftalmologista com regularidade. Com isso, o tempo entre as visitas é um fator que deve motivar a marcação da próxima consulta.

Quem não tem grandes problemas deve ir ao médico a cada seis meses, no máximo. Porém, quem tem problemas crônicos, como o ceratocone ou a catarata, precisa fazer um acompanhamento de perto para evitar a progressão da doença a ponto de afetar a qualidade de vida.

A regularidade das visitas garante que qualquer problema seja identificado ainda no começo, facilitando um possível tratamento e aumentando a sua efetividade.

Com esses sinais para visitar um oftalmologista, você garante que a saúde dos olhos será sempre acompanhada por um especialista. Isso leva a mais proteção e qualidade de vida, evitando problemas no futuro.

Conte nos comentários seus hábitos em visitar esse profissional e participe do debate.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar
Publicidade