ad16
DestaquesPolíticaTodas as Notícias

‘Padre Walmir é péssimo cabo eleitoral’, diz Belê

A deputada Belê Medeiros (PP) fez duras críticas à gestão do prefeito de Picos, padre Walmir Lima (PT). Para ela, a atual gestão municipal é “um desastre” que se traduz, por exemplo, no atraso do pagamento dos salários dos servidores da prefeitura. As críticas foram feitas em entrevista no Acorda Piauí, hoje cedo na Rádio Cidade Verde.

Segundo Belê, além de atrasar salários, a prefeitura não vem cumprindo os compromissos com fornecedores. Também não faz os repasses regulares para a Previdência Social dos servidores municipais. Ela disse ainda que o prefeito aplica o desconto de 1% sobre o salário dos servidores para repasse dos sindicatos, mas o repasse não é efetuado.

Belê Medeiros: críticas duras à gestão do PT na prefeitura municipal de Picos  (FOTO: Glenda Uchoa)
Belê Medeiros: críticas duras à gestão do PT na prefeitura municipal de Picos (FOTO: Glenda Uchoa)

No entender da deputada, o desempenho insatisfatório do prefeito à frente da administração da cidade não ajuda à candidatura do governador Wellington Dias (PT). “Ele é um péssimo cabo eleitoral”, diz ela, observando que o prefeito perdeu completamente a credibilidade, o que enfraquece a relação dele com a comunidade. Vale lembrar, Belê e o prefeito devem fazer parte da mesma aliança na eleição deste ano, com as candidaturas de Wellington ao governo e de Ciro Nogueira (PP) ao Senado.

Ele diz que, apesar das diferenças locais, o apoio ao governador Wellington Dias não deve sofrer maiores consequências em Picos. “Temos que pensar além do mundinho de Picos”, defende ela. Belê afirma que acredita na manutenção, nas eleições ano, da aliança que une PT e PP.

Defesa do nome de Margarete

A deputada Belê Medeiros voltou a defender que o Progressista tenha duas vagas na chapa majoritária encabeçada pelo governador Wellington Dias. Ela defendeu de forma enfática o nome da vice-governadora Margarete Coelho, que – segundo afirma – fez por merecer o lugar. Na avaliação da deputada, Margarete tem um trabalho reconhecido por todo o governo e reúne as credenciais para representar o grupo como um todo.

Belê também falou sobre a candidatura do senador Ciro Nogueira à reeleição. Ela reconheceu algumas dificuldades do senador na ressonância popular, o que atribui ao desgate que alcança toda a classe política. Mas diz que o Piauí reconhece o trabalho de Ciro, que foi responsável pela aplicação de mais de R$ 1 bilhão no Estado.

No entendimento de Belê, esse trabalho será reconhecido no momento certo.

Para ouvir a íntegra da entrevista da deputada Belê Medeiros, acesse o arquivo abaixo.

Cidade Verde

LER MATÉRIA COMPLETA

Leia Também