ad16
GeralTodas as Notícias

Picos vai ganhar a Casa da Mulher Brasileira com contrapartida do Poder Executivo Municipal

A Casa da Mulher Brasileira deverá oferecer serviços como assistência social, atendimento psicológico e jurídico, além da Delegacia da Mulher.

O prefeito Gil Paraibano e a vice-prefeita Xandú Neri, receberam, sexta, 02 de julho, a visita de Zenaide Lustosa, Coordenadora Estadual de Políticas para Mulheres do Governo do Piauí, para tratar sobre a construção da Casa da Mulher Brasileira em Picos.

O encontro aconteceu no Palácio Coelho Rodrigues, logo após evento na Câmara Municipal que tratou de apresentar o projeto.

Prefeito Gil e Vice, Xandú, tratam sobre a Casa da Mulher Brasileira Foto: Fátima Miranda

A Casa da Mulher Brasileira deverá oferecer serviços como assistência social, atendimento psicológico e jurídico, além da Delegacia da Mulher.

“Ela funcionará como casa de acolhimento para as mulheres, com atendimento mais humanizado, oferecendo a parte de atendimento em assistência social, psicológica e de orientação jurídica e a delegacia para atender as mulheres de forma a integrar as políticas de atenção as mulheres” disse Zenaide Lustosa.

Zenaide Lustosa – Coordenadora Estadual de Políticas para Mulheres do Governo do Piauí Foto: Isael Pereira

O terreno onde será edificada a instituição de apoio à mulher já está regularizado, localizado no bairro Junco próximo ao antigo Detran de Picos.

De acordo ainda com Zenaide Lustosa, os recursos para a construção da Casa já estão garantidos através de emenda parlamentar, depositados em uma conta na Caixa Econômica Federal.

Para o Prefeito Gil Paraibano, a Casa da Mulher é importante para atender as mulheres que mais precisam de apoio institucional.

Prefeito Gil e Vice-Prefeita, Xandú, recebem comissão para tratar sobre a Casa da Mulher Brasileira em Picos. Foto: Fátima Miranda

“Sabemos da importância dessa Casa para atender a mulher picoense que necessite de apoio e da nossa parte faremos tudo o que for necessário para que essa Casa funcione em Picos. Na fase inicial colocaremos engenheiros e arquitetos à disposição e o que mais for preciso, mas iremos também fiscalizar para que saia tudo direitinho e a Casa possa funcionar e atender à população”.

A Casa da Mulher é uma parceria entre os governos municipal, estadual e federal e contará com sala multiuso, oficinas de capacitação para mulheres, salas de atendimento psicossocial e jurídico e  um espaço para a delegacia da mulher.

Sobre a gestão da Casa, Zenaide Lustosa explica que ainda está sendo discutida: “A gente está ainda discutindo a gestão da casa, as instituições que vão estar lá dentro, por isso essa primeira visita. A contrapartida do município seria de pareceria com serviços. A Prefeitura já faz esse serviço de atendimento as mulheres, temos a Coordenação Municipal de Políticas Municipais para Mulheres, que já faz a articulação com as políticas do município e agora vamos ter um espaço mais qualificado, mais específico para esse atendimento”, finalizou Zenaide Lustosa.

Os trâmites para o processo licitatório devem iniciar em breve e, de acordo com Zenaide Lustosa, a casa deverá ser inaugurada até março de 2022.

Ccom PMP

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade