ad16
AutoPECASonline24.pt
DestaquesGeralSaúde

Plano prevê reajuste de 200% até 2014 para servidores da Saúde

Lílian , secretária de saúde
Lílian Martins , Secretária Estadual de Saúde

A secretária de estado da saúde, Lilian Martins entregou à Assembleia Legislativa a mensagem do Governo que cria o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos profissionais da saúde do Piauí. Reivindicação antiga, o PCCS vai beneficiar cerca de 7 mil servidores.

A solenidade aconteceu no gabinete do presidente da Casa, Themístocles Filho, com a presença de vários parlamentares, presidentes de sindicatos, conselhos e servidores da Alepi.

A secretária Lilian Martins disse que o plano vai recuperar perdas que ao longo do tempo os profissionais da saúde tiveram. “Nós tivemos muitas perdas, eu digo nós por que sou profissional da saúde. Pessoas que já passaram do tempo de se aposentar, agora terão a oportunidade. É um avanço importante, restrutura a carreira”, afirmou a secretária.

De acordo com a gestora, o plano é dividido em seis etapas. Ao final, os servidores vão acumular um reajuste que supera 200%. “Não é o que eles merecem, mas é o que foi possível. O governador Wílson Martins foi extremamente sensível e chegou ao limite para poder nos atender”, lembra.

Emocionada, Lilian Martins disse que era importante estar com as categorias naquele momento, considerado por ela histórico. “Eles (servidores) compreenderam e ajudaram a construir esse plano. A gente se sente mais motivado. Confesso que há um tempo atrás eu não tinha expectativa que isso aqui poderia acontecer e hoje estamos coroando de êxito uma proposta que foi construída com todos os sindicatos de forma democrática. São esses momentos que fazem a gente ter orgulho em ser Secretária de Saúde”, afirma.

Para Bartolomeu Gaspar, representante do Sindicato dos Servidores de Saúde Pública do Estado do Piauí (Sindespi), os servidores, até 2014, terão aumento salarial duas vezes por ano. “Em 2012 serão 10% em maio e novembro. Em 2013 serão 10% em maio e 15% em novembro. Já em 2014 teremos 25% em maio e 30% em novembro. Estamos felizes com esse momento”, disse o sindicalista.

Elizabete Duarte, presidente do Sindespi, ressaltou que independente da qualificação, o profissional vai chegar ao topo da carreira. “Esse plano é uma conquista ímpar para todos nós”, disse.

Segundo o presidente do Sindicato dos Enfermeiros, Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Piaui (SENATEPi), João Sérgio Moura, os profissionais vão poder se aposentar em tempo hábil. “A secretária manteve sua palavra e sua postura. Não é o ideal, mas é o melhor plano que já tivemos”, declarou.

O PCCS é dividido em três grupos: ocupacional de nível superior, nível médio e auxiliar. Quando o plano for implantado, o nível auxiliar terá seu salário elevado para R$ 890, já o nível médio ficará em R$ 1.200 e superior R$ 2.205.

A lei não se aplica aos médicos, que são regidos por legislação estadual própria e aos demais profissionais de saúde que não desenvolvam atribuições diretamente ligadas a ações de saúde pública.

O PPCS segue agora para as comissões técnicas da Alepi e, segundo o presidente da Casa, a votação final em plenário deve ocorrer até o dia 10 de março. O impacto na folha já em maio, mês em que começa a vigorar, gira em torno de R$ 1 milhão.

Fonte: PortalAZ

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade