ad16
GeralTodas as Notícias

Prefeito de Picos participa de reunião para discutir aspectos técnicos de vigilância sanitária

O encontro ocorreu na sala de reuniões, e objetivou discutir ações de fiscalização relacionadas ao saneamento básico da cidade.

Nesta manhã desta, terça-feira 24 de agosto, o Prefeito de Picos, Gil Paraibano, recebeu uma comissão da Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Piauí (AGRESPI), para discutir e traçar ações relacionadas à fiscalização do saneamento básico da cidade. Na ocasião, a Diretora-Geral da AGRESPI, Ana Melka Albuquerque, veio a Prefeitura para colocar a disposição os serviços da Agência reguladora que tem o condão de verificar a qualidade dos serviços públicos prestados em todos os munícipios.

A AGRESPI é uma autarquia que tem por finalidade regular e fiscalizar os serviços, o saneamento básico, transportes, gás canalizado e infraestrutura geral e demais serviços públicos delegados do Estado do Piauí.


A Diretora-Geral da AGRESPI, Ana Melka Albuquerque, falou como a cidade de Picos, se encontra neste momento em relação a esse assunto. “A gente fez a visita, e agora será feito o levantamento dos dados, e estamos acompanhando para verificar o que está sendo necessário para complementar esta prestação da qualidade do tratamento do esgoto que está sendo despejado no Rio Guaribas, e vamos enviar um relatório com todos esses pontos tanto para Prefeitura, através da Secretaria de Meio Ambiente, como também vamos notificar a empresa responsável” Explicou a Diretora-Geral da AGRESPI.

Diretora-Geral da AGRESPI, Ana Melka. (Foto: Fátima Miranda)

Na oportunidade, a Secretária de Meio Ambiente, Fátima Sá, destacou o objetivo da visita da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Estado do Piauí, e a importância da mesma está fazendo essa fiscalização na cidade de Picos. “É bem interessante para a gente tentar resolver todas essas polêmicas envolvendo a poluição do Rio Guaribas, eles já estão fiscalizando a agência de saneamento de Picos, por isso estamos tento essa reunião com o Prefeito Gil Paraibano, a Ana Melka, e seu Zé Noronha, que é o fiscalizador do saneamento, para chegarmos ao um consenso e ver o que pode estar nos prejudicando, e tentar solucionar” contou a Secretária.

Fátima Sá finalizou destacando de quem é a reponsabilidade por essa fiscalização e ressaltando os danos que isso pode causar ao meio ambiente, caso os procedimentos não estejam sendo realizados corretamente. “No caso a responsabilidade é da AGESPISA, porque o saneamento é ela que deve fazer que por sinal o consumidor paga muito caro por isso, então a gente está cobrando que haja essa fiscalização, os danos ao meio ambiente podem ser muitos por isso estamos aqui participando dessa reunião, para ser cada vez mais vigilante, essa é uma determinação do nosso Prefeito Gil Paraibano” frisou a Secretária.

Ccom PMP

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade