ad16
GeralPolícia

Prefeito Gil lê mensagem na abertura dos trabalhos do legislativo e fala sobre dificuldades da gestão e futuras realizações

Gil Marques
Gil Paraibano lê "mensagem do executivo" para vereadores. Foto: Ascom

Na tarde da quinta-feira (09) a Câmara Municipal de Picos abriu os trabalhos do último ano da atual legislatura. A sessão solene foi marcada pela leitura da “mensagem do executivo” realizada pelo prefeito de Picos, Gil Paraibano (PMDB). Diferente de anos anteriores o próprio chefe do Executivo picoense leu a mensagem, despedindo-se da Câmara, falando sobre os percalços da administração e sobre as obras que estão por vir no seu último ano mandato.

O prefeito começou dizendo que se sentia satisfeito com o trabalho desenvolvido nos últimos sete anos. “Trago a consciência totalmente tranqüila por saber que fiz o máximo que podia”, declarou.

Gil lamentou a limitação no raio de ação de um gestor municipal, especialmente no que se refere aos recursos. “Parece existir na sociedade uma cultura de que o dinheiro público vem de uma fonte. Na realidade, se não tivermos pulso para priorizar gastos, o gestor rapidamente se perde na sua contabilidade, prejudicado a si e à comunidade. Quantos gestores não estão hoje processados por razões dessa natureza?”, enfatizou.

Quanto às finanças da Prefeitura Municipal de Picos, Gil Paraibano disse que estas estão em órdem, e que o futuro gestor receberá uma prefeitura com contas saneadas, pagamento dos funcionários em dias, fornecedores sem atrasos. “Considero como marca maior do que meu Governo ter conseguido este equilíbrio financeiro municipal”.

O prefeito afirmou que gostaria de ter realizado mais pela cidade de Picos, e se não o fez, culpa a “União” pelos reduzidos recursos liberados para obras no município. “A União arrecada a maioria dos tributos e distribui migalhas para os municípios. Procura-se dificultar ao máximo qualquer liberação”, lamentou.

Gil Paraibano cita como exemplo os recursos depositados em um banco, desde 2009, para construção de uma cozinha comunitária. Mesmo com o início das obras, os recursos ainda não foram liberados.

Dentre as suas realizações o prefeito citou a ampliação da lagoa de tratamento de esgoto na estrada dos Torrões; ampliação da rede de esgoto da cidade, obra que deve começar nos próximos dias; calçamento de ruas em bairros da zona urbana de Picos; licitação para a construção de duas Unidades Básicas de Saúde, no povoado Coroatá e bairro Belo Norte.

Falou ainda sobre a construção de uma academia pública na zona urbana do município; construção de um ginásio poliesportivo no bairro Belo Norte e da Praça dos Esportes no bairro Morada do Sol, além de uma cozinha comunitário no Parque de Exposição. Por último o prefeito citou o seu desejo de construir em breve o Mercado do Produtor, obra que será possível através de parceria com o Governo Federal.

Gil Paraibano agradeceu a Câmara Municipal pela parceria dos últimos sete anos e pediu às mulheres para que se unissem para aumentar sua representação naquela casa. Ele também declarou que pretende realizar as obras citadas ainda nesse ano de 2012. “Espero concluir todas essas obras até final do meu mandato”, declarou.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade