ad16
Campo Grande do PiauíTodas as Notícias

Prefeitura de Campo Grande do Piauí lança projeto Viva o Semiárido no município

 

A Prefeitura de Campo Grande do Piauí através da Secretaria de Agricultura lançou na última semana o Projeto Viva o Semiárido no município. O evento aconteceu na Câmara de Vereadores e contou com a presença de diversas autoridades: O Prefeito da cidade; Vereadores e Secretários municipais.
20150701_093212Dividido em quatro eixos prioritários o projeto destaca: Desenvolvimento Produtivo, Educação Contextualizada, Desenvolvimento Interinstitucional e Gestão de Projetos, beneficiando vários seguimentos como a cajucultura para aproveitamento da castanha e pedúnculo, além de produção de cajuina; Apicultura a caprinocultura; hortaliças e outros projetos produtivos que podem ser implementados no Semiárido.

O projeto abrangerá quatro dos onze territórios nos quais o estado se divide. Estes territórios ocupam a maior parte da região semiárida do Piauí e inclui 89 municípios. Os territórios incluídos são: Vale do Sambito (15 municípios); Vale do Rio Guaribas (39 municípios); Vale do Rio Canindé (17 municípios); e Serra da Capivara (18 municípios).

20150701_093630

O Prefeito Francisco José Bezerra (Dr. Tico) mencionou algumas das potencialidades do projeto “Com o Viva o Semiárido, serão criados grupos de geração de renda, capacitações, cursos para professores e alunos, além do fortalecimento da assistência técnica, nosso município tem potencialidades econômicas a partir do caju, mandioca e mel são nessas áreas que o projeto investirá para melhorar ainda mais ”.

20150701_093311

A secretária de agricultura Lucilene Luz fala sobre os objetivos do Programa “o enfretamento a pobreza e redução das desigualdades sociais na região do Semiárido, Inovando com o trabalho educativo na região um meio de tornar protagonista o cidadão e a cidadã do nosso município”, afirmou a secretária Lucilene Luz.

20150701_093212

Segundo a secretária de educação Eliciana Bezerra o projeto é de fundamental importância para o empreendedorismo da agricultura familiar no Semiárido piauiense e principalmente o trabalho a ser realizado nas diretrizes educacionais, “tendo como eixo central a educação contextualizada e fortalecimento de empreendimentos agrícolas coletivos e solidários inserir a partir de palestras e capacitações o contexto do semiárido na didática dos alunos é ser coerente com a realidade em que vivemos”, Falou Eliciana Bezerra

20150701_09370720150701_10214020150701_10010920150701_10005520150701_10003920150701_09333820150701_09323720150701_09325420150701_09335620150701_09363020150701_09331120150701_093722

 

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade