ad16
GeralTodas as Notícias

Prefeitura de Picos intensifica ações de restauração e manutenção da pavimentação poliédrica

Os trabalhos de conservação das vias públicas de Picos tiveram início na manhã desta segunda-feira, 21 de março, na Rua Belo Horizonte, bairro Boa Vista.

A Prefeitura de Picos, por meio da Secretaria Municipal de Defesa Civil, deu início ao trabalho de reforma e revitalização da pavimentação poliédrica das ruas da cidade. As ações visam manter o referido pavimento em perfeito estado de uso, com o propósito de facilitar a mobilidade urbana em benefício de todos. Os trabalhos de conservação das vias públicas de Picos tiveram início na manhã desta segunda-feira, 21 de março, na Rua Belo Horizonte, bairro Boa Vista.

O Secretário Municipal de Defesa Civil, João Araújo, assegurou que o trabalho de reforma e manutenção da malha poliédrica picoense deve atender a todos os bairros, sobretudo onde as vias estejam em estado precário de conservação.

“O prefeito já autorizou que a gente faça esse trabalho de recuperação do calçamento da cidade. Aqui na Rua Belo Horizonte, por exemplo, temos mais de cem metros quadrados e estamos recuperando. Temos outras ruas da cidade de Picos que precisam passar por essa reforma. É um trabalho que tem que ser feito por toda a cidade, e vamos agir urgente para que a gente possa trazer conforto para o nosso povo picoense”, sublinha o gestor.

Secretário de Defesa Civil, João Araújo (Foto: Nayara Paiva)

João Araújo pondera ainda que a administração do prefeito Gil Marques de Medeiros trabalha diuturnamente no sentido de garantir integridade e conforto aos cidadãos picoenses de modo geral, e que, nesse momento de período chuvoso e seus efeitos, as frentes de trabalho elaboradas pela Prefeitura de Picos, concentram-se efetivamente na conservação das vias públicas, assim como o acompanhamento diário de equipes técnicas nas áreas de risco do município.

“Sabemos que a nossa cidade geograficamente oferece muitos riscos aos moradores em várias localidades e estamos trabalhando também para fazer contenções de risco. São doze ou treze pontos, desde o alagamento ao deslizamento de terra. E a gente está aqui com muitas frentes de serviço para conter esses problemas”, pontua João Araújo.

Fonte: CCOM – PMP

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.